Review: Fate/Extra

 Fate/Extra é a mais nova adição a franquia, lançado esse més para PSP, vem para colocar um elemento fresco na formula. Sido criado como uma visual novel e já tendo passado passado por jogo de luta, agora é a vez do RPG.

 Atmosfera, essa é a palavra que descreve como o jogo começa, ele consegue te prender naquele mundo e quando as coisas começam a ficar estranhas, da para sentir. Uma pena que isso dura apenas no começo antes de cair no marasmo e repetição, mas vamos por partes.

No jogo você escolhe entre 3 servos para lutar ao seu lado, Saber que apesar de ter exatamente o mesmo character design(apenas que vermelho) da já conhecida, é outra pessoa. Os outros são Archer e Caster, sendo que o Archer é aquele conhecido por aqueles que jogaram a novel. E dependendo da escolha a dificuldade muda, fácil, médio e difícil respectivamente.

A narrativa do jogo fica alternando entre RPG clássico para conversas e algumas partes são narradas como uma VN, provavelmente para cortar custos, porem deu um gosto diferente dos RPGs clássicos, e no processo, lembra as raízes, ponto positivo.

A História é a mesma de sempre, Guerra Santa, lutem pelo Graal. Claro que tem varias diferenças da Guerra convencional que não contarei, mas, todos os elementos clássicos de Fate estão presentes, todos eles, literalmente. O problema com ela, ou pelo menos o desenrolar dela, é que fica repetitivo, o jogo é dividido em semanas, cada semana um servo a derrotar,claro que há diferenças nos métodos, mas ela acaba indo em um passo lento, o que leva você a querer terminar é descobrir sobre os servos, que sem duvida é a melhor parte de qualquer Fate.

O GRANDE problema do jogo já não esta na história e sim com o gameplay. As batalhas são sempre 1x1 usando jokenpo(Attack, Break, Guard) no começo parece divertido, depois de um tempo fica chato, não há estrategia, é apenas sorte até certa parte e depois nem isso, quando dá para saber o que seu inimigo colocara. As batalhas entre servo sendo particulamente chatas, elas demoram muito e tirando por alguns pontos onde os Nobre Fantasmas são usados, é uma grande mesmice.

Apesar das falhas no gameplay, a história faz com que você queira descobrir mais, principalmente sobre os servos, recomendado a fans da série. Uma sequencia já esta para ser lançada, esperar que arrumem as falhas do jogo.

This entry was posted in ,. Bookmark the permalink.

3 Responses to Review: Fate/Extra

  1. Anônimo says:

    Boa postagem eu nem sabia da existencia deste Fate.

  2. seapher says:

    Na verdade Fate/Extra CCC será uma versão "enchanted" do jogo original onde existirá uma nova rota no jogo, que se não estou enganado é da Sakura, você inclusive pode importar o seu save do jogo anterior e manter parte das informações, praticamente um Final Mix + de Fate.

    Quanto ao jogo em si, achei muito fraquinho mesmo, eu particularmente não estou acostumado com Visual Novels e só joguei um pouco de algumas e Fate/Extra me lembrou MUITO mais uma Visual Novel do que um RPG, o sistema de combate é extremamente simplório e deixa a desejar demais e a tentativa de inserir elementos que lembram bastante Persona não acabou caindo muito bem, o que me impulsionou a jogar até o final foi à história mesmo, a ambientação estilo Matrix também foi bem interessante, e por ser um jogo curto, você consegue fechar em dois dias de jogo tranqüilo, claro que só fazendo uma das rotas.

  3. jonhmaster says:

    Eu não joguei então não tenho como opinar mas pelo que vi o sistema de RPG é fraco algo que poderia ser melhor. Para fan da serie caso eu compre um PSP pretendo ter esse jogo. Mas não espero muita coisa.

Leave a Reply