Minecraft. Quem disse que ser minerador era fácil?



Minecraft é um jogo indie(independente) que foi lançado em sua fase Beta no dia 20 de Dezembro de 2010, sendo considerado um dos melhores jogos independentes desse ano.

O jogo Minecraft tem uma jogabilidade parecida com jogos como Dwarf Fortress, Dungeon Keeper e Infiniminer. O jogo foi criado por um programador Sueco conhecido como Notch(Markus Alexej Persson) que também faz parte do Partido Pirata Sueco.

Como da para reparar o jogo é todo baseado em blocos, não so no cenário, o personagem e monstros que você encontra no jogo também são blocos quadrados. Não me interessei pelo jogo logo de cara, mas devido ao grande sucesso do jogo e por eu respeitar bastante jogos independentes, decidi dar uma chance ao jogo e tirar minhas próprias conclusões.



Não tive dificuldades na instalação do jogo onde o mesmo rodou normal no meu computador e em menos de 3 minutos já estava acessando a tela inicial do jogo. Quando você inicia um novo jogo ele da 3 possibilidades de jogo. A primeira é o modo criativo que você tem todos os itens do jogo para se focar única e exclusivamente na construção de objetos.

No modo sobrevivência o jogo é focado em você sobreviver, como o nome já diz é sobrevivencia e neste modo de jogo você vai sobrevivendo com as coisas que você constrói, neste modo de jogo tem monstros. E o ultimo é o modo hardcore que é o mesmo que o modo sobrevivência so que em dificuldade acima do “hard” e que se você morrer uma única vez você perde o jogo por completo e tem que começar de novo do zero.

Esperava que o Minecraft foste so construção, algo que presenciei muito em jogos como Roller Coaster Tycoon que me proporcionou boas horas de diversão. Porem me aventurei logo no modo sobrevivência(que jogo ate hoje).



Uma das coisas ruins(boas) é que você começa no mundo sem saber o que fazer e como sobreviver, fazendo o inicio do jogo ser meio frustrante pelo fato de quando anoitece no jogo os monstros aparecem do nada e te matam sem mais nem menos. Por isso recomendo vocês buscar dicas de como construir o básico no jogo como: espadas, picaretas e uma casa para sobreviver na primeira noite.

Tive uma certa dificuldade para me adaptar no inicio do jogo, principalmente por não saber nada de como sobreviver e como construir algo útil. Mas tirando isso o jogo agrada por dois fatores. Desde a total liberdade do jogo onde não tem um objetivo, ou seja você tem total liberdade para explorar onde quiser achando itens raros, matando monstros ou simplesmente criando um rancho e cuidando dos animais. E o outro é a criação de objetos e armas que você pode precisar e também neste aspecto você cria o que você quiser e quando quiser.

Para você se basear no jogo você tem uma tabela de “quests” caso queira cumprir desde matar monstros ate a construção de um rancho. No final deste mapa de missões tem o ultimo objetivo que é o End World que depois que você derrotar o boss você meio que termina o jogo e vê a tela de créditos.



Dando minha analise e opiniões sobre o jogo, posso dizer logo de imediato que o jogo me surpreendeu, não esperava que foste passar tanto tempo jogando o jogo. A liberdade que o jogo da para o jogador é algo que faz o jogo se tornar dinâmico, sem precisar seguir um objetivo linear. Assim sendo você pode se focar so em explorar, minerar, construir ranchos ou se focar para terminar os objetivos do jogo.

Gostei da trilha sonora(algo que reparo muito) onde ela começa a tocar em pontos específicos, quando você esta numa mina por exemplo a musica toca para dar aquele clima de tensão onde qualquer erro pode provocar sua morte(morrer faz você perder todos os itens) e na maioria das vezes aparece um monstro do nada dando um susto no jogador.

Por outro lado o jogo pode ser ruim para aqueles jogadores que querem um jogo que costuma ter uma jogabilidade frenética, coisa que Minecraft não tem, alem de exigir muito tempo de dedicação do jogador(coisa que pode afastar aqueles jogadores que querem completar objetivos em vez de simplesmente querer explorar e se divertir neste mundo de blocos).



A falta de tutoriais para ensinar o jogador a construir os itens é algo desanimador, fazendo na maioria dos casos ser necessário uma busca no Google para saber o que fazer no inicio. Minecraft não é nenhum jogo perfeito e atende muito bem aquilo que ele quer proporcionar, dando uma jogabilidade criativa que pode agradar os mais variados públicos desde as crianças ate os adultos.

Isso é mais um exemplo que jogos independentes podem ser bons mesmo sendo simples, e lógico dar uma bom dinheiro a seu criador.

This entry was posted in ,. Bookmark the permalink.

6 Responses to Minecraft. Quem disse que ser minerador era fácil?

  1. Realmente Minecraft é um dos melhores games que já vi, desconsiderando o gráfico que é o que a maioria reclama, é um jogo muito divertido e te dá essa liberdade no game. Hoje no tube você já vê uma grande quantidade de canais de gamers que fazem vídeos sobre ele ou de mods dele na página inicial. Isso mostra o quanto o jogo se tornou famoso XD. Pena que aqui em casa não roda pela minha placa lixo =/

  2. Daugust says:

    Queria saber como entrar em contato com a STAFF de seu blog! por favor responder.

  3. Daugust says:

    ah! MINECRAFT é o C@

  4. jonhmaster says:

    Bem envia um email para jonhmasterblog@yahoo.com para entrar numa conversa.

Leave a Reply