Polemica: Eiyuu Senki cancelado.



Cada vez mais fansubs de visual novel é algo comum. E projetos ate recentes que saem no mercado japonês tem fansub traduzindo o jogo. Porem nem todos os japoneses e eroge makers veem isso com bons olhos.

No caso de Eiyuu Senki que é um jogo que foi lançado nem 3 meses ja esta ganhando uma tradução para o inglês. A noticia se espalhou e foruns japoneses comentaram sobre isso de maneira muito negativa, fazendo assim a empresa tomar uma providencia e parar a tradução do jogo antes mesmo de começar.

O que isso vai mudar na sua vida? Nada dependendo da situação, mas um futuros consumidores desse tipo de produto simplesmente serão afastados. Afinal você quer comprar o jogo e se depara com sites do jogo bloqueando o seu IP, lojas online não te oferecem uma compra facil(tirando a J-List) e para piorar o produto não ganha uma tradução da própria empresa.

Nos resta aguardar jogos traduzidos por empresas como MangaGamer, Peach Princess, Jast Usa e G-Collection(desaparecida). E nessas empresas jogos demoram um bom tempo para chegar um título demorando de 3 meses a 1 ano para um jogo. O gamer de visual novel tem um acervo muito limitado de jogos e tem que muitas vezes aprender japonês ou pegar uma tradução feita por fans coisa que deveria ser feita e aproveitada pelas empresas.

Se o consumidor não consegue aquele produto ele vai conseguir ele de outra maneira e nesse caso é pela ilegalidade. E como sempre temos que aturar japoneses com o velho ditado que ocidental baixa tudo ilegal e não compra seus produtos, se isso é verdade por que revistas como Shonen Jump vendem no ocidente. E por que empresas como a MangaGamer não fecharam as portas? Simples tem mercado.

Temos empresas japonesas arrogantes como a Minori que veio com a seguinte frase "Se você quer jogar nossos jogos venham para o Japão e joguem aqui.". Logicamente com a internet e os meios de comunicação não preciso ir para o Japão para comprar o jogo, mas a frase não quiz disser isso, a frase quis dizer que se você quiser jogar o jogo precisa nascer japones pelo fato de seus jogos serem feitos para japoneses.

Logo depois a empresa não consegui segurar o povo do ocidente e aderiu a vender os jogos traduzidos pela MangaGamer, e um caso parecido aconteceu com a Navel que também reclamou da pirataria do ocidente e depois aderiu a MangaGamer lançando jogos como Shuffle! e Soul Link.

Os Eroge Makers tem que tirar da cabeça que esse tipo de jogo é feito so para japoneses e perceber que um mercado ocidental esta crescendo e esta em busca desses jogos. Um dos primeiros que aproveitou isso foi a OVERDRIVE que lança os jogos no ocidente o mais rápido possível e com boa qualidade. O que vai acontecer, muitos fansubs não vão mais anunciar o que estão traduzindo, vão simplesmente lançar o patch completo para quem quiser baixar como foi no caso de Kamidori Alchemy Miester e depois que uma tradução é completa acabou. Não tem juiz que va parar o compartilhamento deste arquivo.

Enquanto as empresas tiverem essa visão do ocidente, eles vão continuar perdendo dinheiro e cada vez mais pessoas irão fazer a tradução dos jogos. Os usuários não toleram censura e a pirataria de seus jogos não vai parar so vai aumentar, mas a mentalidade deles mudar é algo que so Deus sabe.

This entry was posted in ,. Bookmark the permalink.

5 Responses to Polemica: Eiyuu Senki cancelado.

  1. johnny-sasaki says:

    é irritante essa visão que alguns japoneses têm e aprontam uma coisa dessas.Mas o provável é que essa paranóia deles é por causa do famoso incidente envolvendo o Rapelay que virou notícia em vários sites de jornais famosos pelo mundo,desde entao os próprios japoneses ficam preocupados que os eroges fiquem conhecidos demais fora do Japão e tragam uma imagem negativa do país.
    Yosuga no Sora é outro que foi vítima disso.Hoje tá sendo traduzido por outro grupo que mantém um blog tímido atualizando sobre o andamento da tradução,mas sem chamar muita atenção

  2. jonhmaster says:

    Nos comentários dos japoneses também citavam esse caso do famoso Rapelay.

  3. Até entendo uma empresa que não tenha interesse em lançar seu jogo traduzido ou não queira que seu jogo seja traduzido por fãs por razões comerciais - fica mais difícil algum dia lançar uma tradução, incentiva a pirataria (mesmo que seja só um patch) - ou mesmo autorais (poderia distorcer a obra deles)... mas essa atitude de "não queremos que outras pessoas joguem" é ridícula, não só pela xenofobia quanto do ponto de vista comercial.
    É torcer para com o tempo o bom senso prevalecer. :/

  4. NollieFlipX says:

    Concordo, pelo ponto de vista social é quase xenofobia, e pelo comercial não existe bons olhos. Mas, prefiro mil vezes ter meu anime/manga/eroge traduzido por um bom sub do que ter encarar traduções mal feitas ou até traduções de termos como "itadakimasu"

  5. Iury says:

    Todo "fansub" de VN sabe o quão intolerante as indústrias japonesas são em relação a isso. Mas sempre tem um ou outro que inventa de fazer uma enorme publicidade sobre a tradução e sempre acaba do mesmo jeito.

Leave a Reply