Não é "desenho", é anime. Sinto muito é desenho sim.



A animação japonesa é um entretenimento que se popularizou num ritmo bem acelerado. Em termos de mercado o Brasil ainda é fraco nesse segmento, mas se vermos países como EUA é bem fácil encontrar blu-ray de animes populares e nem tão populares assim, como Asobi ni Iku yo!.

Essa realidade ainda é distante para o Brasil, apesar que o mercado de mangas anda num ritmo mediano no nosso país. Não é de agora que nerds de anime conhecido como otakus se tornaram populares de se encontrar hoje em dia. E como em qualquer nicho temos sempre os que levam muito a serio o que gostam.

Não é de agora que um comportamento normal no meio otaku se repete quase que diariamente na internet e nas ruas. O tal do "Não é desenho, é anime". Na minha opinião esse tipo de comportamento é algo totalmente desnecessário, primeiro querendo ou não anime é uma animação, não deixa de ser desenho. Anime nada mais do que um termo criado no japão para se designar a desenho animado, tanto que tem pessoas la que chamam desenho americano de American Anime.

O problema desse comportamento de que tem que chamar desenho japonês de anime é que nenhum dos dois lados esta errado. Você tanto falar que é um desenho, animação ou anime esta certo. So estaria errado se você não especifica-se a localidade da obra, que é no japão e falar que é um desenho chines, nesse ponto ai temos um erro.

Porem o que leva esse comportamento otaku? Na maioria das vezes eu vejo uma insegurança no gosto de determinada pessoa. Por falar que o anime é um desenho elas entendem que você esta infantilizando a obra ou simplesmente tirando o mérito da animação japonesa. Por você falar desenho o otaku em questão acha que você esta chamando ele de criança ou uma pessoa infantil e que não cresceu. Nunca entendi o que tem de errado a pessoa gostar de animação. Não é se você ve uma animação japonesa ou americana que vai determinar se você é infantil, adulto ou intelectual. O que vai determinar isso em você é a maneira como você age na sociedade.

Logico que muitos no nosso país tem a visão de que um desenho ele obrigatoriamente é dedicado ao publico infantil, onde essa visão foi provocada pelo fato do Brasil so se focar em animações para o publico infantil, então o brasileiro ver desenho como algo feito apenas para crianças é algo normal, isso virou algo cultural do nosso povo. No caso dos EUA eles tem seu publico alvo, onde nas suas animações eles tentam pegar o publico geral e nos seus quadrinhos eles vareiam de publico infantil ate o adulto. A única coisa que discordo nos quadrinhos americanos é que eles se focam demais no publico nicho e não num publico geral para seus quadrinhos. Diferente do Japão que tanto suas animação e seus quadrinhos tem seu publico chave.

O Otaku vai da insegurança de ser mal visto com o que ele gosta, ou não ser levado a serio pelo publico. Chegando ate o simples elitismo de achar na obrigatoriedade que as pessoas que não conhecem esse tipo de entretenimento tem que falar os termos que esse grupo falam como: anime, shonen e cia. Logico que termos servem para facilitar a velocidade do entendimento, mas você descer a lenha em quem não conhece a animação japonesa vai fazer ele se interessar por isso ou ele vai simplesmente se afastar por causa do publico? É fácil saber a resposta.

Nos gostamos tanto de algo que muitas vezes não percebemos quando estamos sendo inconvenientes e mal educados com as pessoas que não conhecem. Não é você dizendo que desenho japonês é anime que vai fazer sua obra ser a melhor coisa do universo. Anime é um gosto, uma diversão. Assim como tem filmes, livros e jogos, existe animes e vão ter pessoas que vão amar ou odiar o que você gosta.

Não cabe a nos decidirmos de como as pessoas vão analisar esse tipo de obra. O máximo que podemos fazer é assistir e respeitar quem gosta e quem não gosta disso. Mas caso alguém te chamar de criança por gostar disso simplesmente não ligue, você esta no seu direito de assistir o que bem entender. Caso ele ficar insistindo vai estar mais que evidente que quem é infantil não é você e sim ele.

Logico que vai ter pessoas que vão discordar da minha opinião em relação a isso. Porem nunca vi nada de ofensivo em chamar um anime de desenho, não vai ser isso que vai deixar a animação ruim. Fique a vontade para expressar sua opinião, você acha certo esse comportamento ou tem que saber ser tranquilo com as pessoas sobre esse tipo de coisa?




This entry was posted in . Bookmark the permalink.

21 Responses to Não é "desenho", é anime. Sinto muito é desenho sim.

  1. Anônimo says:

    compartilho da mesma opinião, e para mim, desenho é a generalização de anime(animação japonesa) e cartoon(animação americana). se alguém diz que anime é desenho, sim é desenho do mesmo jeito que cartoon também é, sem méritos ou menosprezos apenas definições.

  2. LiosX says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  3. LiosX says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  4. Kapan says:

    Falou tudo que muito "otaku" precisava ouvir. Estou aplaudindo de pé.

  5. Em primeiro lugar, eu discordo um pouco dos seus comentários sobre HQs e desenhos nos EUA. Eles tem muitos desenhos focados em crianças, sim, bem como comédias para adultos... a maior parte dos que assistimos no Brasil é "importada". Não é tanto para o público geral, embora tenha mais abrangência. E quanto às HQs, não considero que sejam algo de nicho... assim como no Brasil temos tanto títulos mais "nerds" como super-heróis quanto a Turma da Mônica, para os americanos é a mesma coisa. Mas, claro, em ambos os países a leitura em geral é um hábito de nicho. :/

    É um fato que o Japão é o único país que realmente leva a sério a animação - no Ocidente, desenho ou é coisa de criança ou é comédia.
    A frase poderia até estar correta, no sentido de especificar (e não distinguir): "não é 'um desenho qualquer', é um Anime." Agora, a atitude ainda é arrogante e até infantil...

    Agora, os tais brasileiros que vão nos eventos de anime (não considero a maior parte deles Otakus) são mesmo um grupinho chato. Claro que não dá para generalizar, mas tem muita gente que me faz passar vergonha alheia quando (bem raramente) vou em algum... mas não acho que a questão seja tanto o isolamento da realidade ou o que seja, e sim a mentalidade de grupo que os leva a se considerar um grupo separado, e dá a eles tanto orgulho de um hobby. Enquanto no Japão "Otaku" é um termo semi-ofensivo para obcecados com anime, mangá e jogos, no Brasil tem um monte de gente que assiste um anime ou outro e fica se chamando de Otaku. Não acompanham as temporadas de animes, só conhecem um ou outro título famoso (em geral os que passam/passaram na televisão ocidental), não colecionam produtos das séries que gostam, não pesquisam sobre as séries que gostam, estúdios, dubladores... mas vão em todos os eventos, compram uma bandana do Naruto, carregam uma plaquinha para escrever besteiras, cantam a abertura do anime favorito, tomam o suquinho otaku, enchem a mochila de bótons e postam na internet sobre como o Goku é mais forte que todo mundo - logo, são otakus. Não que haja nada de errado com essas atitudes individualmente... mas muitos parecem fazer isso apenas para pertencer ao grupo. Eles postam nas redes sociais posts defensivos sobre como "as outras pessoas" tinham que ser mais tolerantes com animes e otakus (eu pelo menos nunca vi nenhum preconceito em particular), ou sobre como aprenderam tanto com o personagem X do anime enquanto fãs de Justin Bieber não aprenderam nada (lol)... basicamente vontade de se mostrar como parte do grupo. Claro, não estou generalizando, tenho até amigos que fazem algumas dessas coisas mas não apresentam essas atitudes, e certamente tem "otakus de verdade" (quer isso seja bom ou ruim) no meio desses... mas é um grupo que me incomoda particularmente, às vezes dá quase vergonha de dizer que gosto de anime por causa desses otakus. :/

    Elda King

  6. Mike says:

    Nem sei oque dizer, o pessoal aew já falou tudo.
    A animação japonese é sim levada muito mais a sério que as de outros países, e tanto os mangás quantos os animes são para um publico diverso; esse tipo de otaku, Goku é o senhor fod@o, 90% dos animes que sai comentando são todos shounen realmente dão uma vergonha para quem curte animes de verdade, e nem adianta tentar discutir com essas lesmas, sem contar que esses manolos vivem só na base de speedsubs.
    Eu jogo, leio e vejo oque quiser, não devo nada à ninguém, e além de estar me divertindo, aumento meu conhecimento e vocabulário.
    ^^

  7. LiosX says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  8. Anônimo says:

    Concordo com você,eu era esse tipo de pessoa que " você não pode falar mal da minha animação favorita","Não é desenho é anime"...hoje aprendi a rir do que eu gosto e acho que as pessoas tem que aprender a rir do que gostam(minha opinião claro),da até vergonha de lembrar que eu era assim.Mas. bom texto.

  9. Alexandre Freire says:

    tem storyboard!?, se tiver é desenho, e se não tiver é desenho da mesma forma.

  10. Mania besta de rotular coisas, como animes, otaku, trekkers nerds etc etc...
    Quer que todo mundo respeitem seus hobyes mas agem de maneira preconceituosa com o resto do mundo... Mainstream, Hipster orkutização e essa merda toda

    xD

  11. Anônimo says:

    Concordo com o Anderson, mania de rotular, quem assiste novelas ou filmes é o que? so pq assiste anime é otaku? assisto anime muito raramente e não gosto de que me chamem de otaku. tem gente que passa o dia assistindo novela e ninguem julga igual quem assiste anime. Boa noite galera

  12. vinicius says:

    o povo dizendo que anime tem história e desenho não, sdds avatar

  13. Anônimo says:

    Poxa curto muito animes e ainda mais tem jente que fala que deve respeitar os gostos do outro.

    E mais falar que anime é desenho é mesma coisa que falar que quem te trouxe foi a çengonha e sei que eles vão tirar esse comentario pois esta reclamando do que postou.

    Então um tchau pros babacas que falam que anime é desenho

  14. Andre August says:

    Anônimo says:
    8 de março de 2013 19:44
    Poxa curto muito animes e ainda mais tem jente que fala que deve respeitar os gostos do outro.

    E mais falar que anime é desenho é mesma coisa que falar que quem te trouxe foi a çengonha e sei que eles vão tirar esse comentario pois esta reclamando do que postou.

    Então um tchau pros babacas que falam que anime é desenho

    cala a boca retardado,anime é o que?com pessoas de verdade?

  15. "Poxa curto muito animes e ainda mais tem jente que fala que deve respeitar os gostos do outro.

    E mais falar que anime é desenho é mesma coisa que falar que quem te trouxe foi a çengonha e sei que eles vão tirar esse comentario pois esta reclamando do que postou.

    Então um tchau pros babacas que falam que anime é desenho"

    Não tiraram seu comentário e nem precisariam. Como se um babaca que chega aqui falando merda e sem postar NENHUM argumento fosse ter a opinião levada a sério (excessões a parte, já que tem quem pense do mesmo modo).

    Então, tchau para o babaca que acha que anime não é desenho.

  16. Anônimo says:

    kkk so porque o um desenho tem mais episodios coisas diferentes nao quer dizer que nao e desenho animado me fala o que e desenho animado? quando esses cara que falam que e otaku saber o que e isso vao entender pq nois chamamos o anime deles kk de desenho animado

  17. Anônimo says:

    Eu vejo cada comentário ridículo nessa página, e só mimimi de generalizar. Primeiro, o mundo é assim, e não é porque um monte de gente gosta de anime e quer falar em público sobre eles, que os outros queiram escutar sobre o que não gostam, solução ... simplesmente não fale sobre anime em público e se reserve a seus amigos otakus (durante eventos de animes) e se divirta assistindo em casa. Eu posso odiar anime, mas gosto de Cartoons antigos que passavam na televisão, e ainda os assisto e coleciono; ao ponto de eu assistir Mike, Lu e Og, e é fácil imaginar que o povo também bullina quem assiste esse tipo de programa na faculdade, e sabe o que eu faço? Simplesmente guardo para mim e me divirto assistindo no computador. Fica a dica

  18. Anônimo says:

    Agora que relí, eu tenho mais um ponto a colocar. O problema não é que animação é mal vista pelo público brasileiro em sí, e sim que as pessoas param de ficar conversando com frequência sobre desenhos aos 13 anos; não que eles parem de ver desenhos, mas que eles descobrem e se interessam em conversar sobre outras coisas com os outros, e quem assiste deve se restringir a conversar sobre isso com quem tem o mesmo gosto, é assim que ocorre e com o tempo as pessoas começam a falar sobre futebol e sobre suas séries, essa é a verdade e as pessoas tem de tomar consciência que o mundo não é o universo previsível e colorido como são nos desenhos que assistem, mesmo os mais realistas.

  19. Unknown says:

    Tantos comentarios removidos, provavelmente pessoas que não sabem perder e saíram xingando.

  20. Unknown says:

    E também tem os posers, que nem gostam de animes, assistem só para serem chamados de otakus e sentirem que estão num grupo.

  21. Verdade cara tipo a pessoa tem que ver por gostar não para ficar se achando

Leave a Reply