Furry. O estranho fetiche por seres peludos


Na animação japonesa tem muitos fetiches diferentes, desde o mais normal com mulheres com peitos balançando, ate o mais estranho como trap e tentáculos.

Hoje vou debater sobre um tema bastante diferente do habitual e pouco conhecido, mas que deixa os seus traços o furry. Furry em si não tem sua origem em fetiche sexual, ele simplesmente é um estilo de anime ou jogo onde os personagens são animais antropomórficos.

O furry pode ser encontrado em jogos como Sonic, Star Fox, Altered Beast, Klonoa, Crash Bandicoot entre outros. É um estilo que é bom para fazer desenhos e jogos de fantasia para crianças, apesar que não tira a hipótese de jogos com um roteiro mais elaborado como Klonoa e Solatorobo existam com essa temática. O furry pode ser considerado um estilo tranquilo onde o foco dele é mais o publico infantil.


Porem a perversão humana não tem limite e o furry que é algo fofinho e inocente pode ter seus elementos de perversão. A erotização do furry não tem sua criação vinda do japão, isso acontece também no ocidente onde existem desenhistas americanos que criam seus quadrinhos pornográficos com personagens furry, no japão em relação ao ocidente eu vejo pouco, primeiramente pelo japão ter criado o seu próprio estilo sobre furry.

No caso do japão em vez dele deixar o personagem completamente peludo, ele deixa o personagem humano mas com apenas dois detalhes de furry onde seria as orelhas e o rabo, que hoje em dia é muito conhecido como nekomimi ou kemonomimi, onde são personagens que tem rabo e orelha de animais. Conhecido como o 10% furry é o estilo de furry mais utilizado no japão, tanto nos seus animes como jogos e eroges incansavelmente.

Ver personagens totalmente furry em obras japonesas é algo raro, não é a toa que existe pouco sobre o tema onde acaba caindo em nichos como doujinshis e artes no pivix.


Tem uns que transformam a personagem humana em furry para atender a esse fetiche em algumas obras que não tem nada a ver com o tema. Se você buscar furry porno na internet você acaba encontrando mais o estilo ocidental, tem poucos trabalhos na versão japonesa.

Em visual novels tem poucos jogos com o tema. O mais conhecido é o Yaminabe Aries da Circus que tem uma versão em inglês que saiu em 2009, e mesmo com a temática furry a historia é bem interessante. Temos também o ja comentado Princess X ~Boku no Iinazuke wa Monsterkko!?~ onde nele tem uma personagem furry que é bem peluda mas tem bastante traços humanos para atender ao eroge.

Muitos confundem o furry com zoofilia, mas uma coisa não tem nada a ver com a outra. Zoofilia num eroge ou hentai é quando usam animais reais na pornografia, diferente do furry que são animais antropomórficos que em sua maioria andam e falam como humanos.


Considero o furry um dos menores fetiches, ele é algo que vem da infância de muitos de seus apreciadores, mesmo sendo um gosto duvidoso para quem não conhece, não deixa de ser um fetiche como qualquer outro.

Eu considero o estilo furry um bom estilo para inserir em jogos, no caso de Star Fox, Klonoa e Solatorobo foram jogos que gostei de ter jogado. E das personagens furry que gostei foram: Elh Melizee do jogo Solatorobo de Nintendo DS, Krystal do jogo Star Fox Adventures de Nintendo Cube, Blaze dos jogos da franquia Sonic the hedgehog e Sirius da visual novel Princess X.

Mas na sua opinião o que você acha do estilo furry, qual sua opinião sobre o furry erótico e que jogos e personagens do mundo furry que você mais gosta?

This entry was posted in ,,. Bookmark the permalink.

7 Responses to Furry. O estranho fetiche por seres peludos

  1. RubioPaloosa says:

    Eu particularmente gosto bastante de furry, uma pena não ter muitas obras sobre. Jogos tem mais, os citados Klonoa e SolaToRobo são otimos. Vou dar uma olhada em Yaminabe Aries, parece ser legalzinho.

  2. G Chagas says:

    Pra falar a verdade não curto muito furry, mas posso entender porque alguém gostaria do estilo.

  3. Anônimo says:

    Klonoa é um jogo triste. Muitos jogos tem a recompensa quando zera mas nesse o final é amargo o cara perde o avô e perde o melhor amigo no final do jogo. Nunca joguei esse solatorobo mas parece ser bom.

  4. jonhmaster says:

    Rubio o seu amor pelo furry é bem visível. E para você que gosta que so da Princesa Sally do Sonic, aqui esta uma capa do HQ de Sonic Universe que estou lendo.

    http://i.minus.com/ilBYx22Kl8y47.jpg

    Sonic se casou com a princesa sally em vez da amy rose.

  5. Anônimo says:

    Mano como assim quase nao tem furry no japao?Claro que tem,so que geralmente nao viram series,viram bookes,tipo Pink Sniper que e um hentai bacana,que tem ate uma vaquinha,um boi e uma cordeirinha so que tem emvolvimento com ser humanos entao nao se se enquadraria em um furry.


    JFURT.

  6. Anônimo says:

    eu curto e nao estou nem ai cada um curte oq gosta tem muitos q sao bem legais ao menos de olhar sao coisas q todos um dia pensaram mais niguem fez ou falou o furry e uma personificaçao da fantasia quase como faunos elfos seres q nao existem ou hibridos com um toque a mais

  7. Anônimo says:

    Se as pessoas q se declaram furrys não são zoofilas estão quase virando.

Leave a Reply