Drill Dozer. Lolis, diamantes e brocas


Eu fiz uma pesquisa com os leitores no facebook sobre se eles teriam interesse em postagens sobre jogos antigos, conhecido também como game oldschool. O leitor se mostrou interessado em postagens sobre esse tipo no blog.

Não pensei nisso da noite para o dia, lendo os comentários dos leitores no blog, facebook e twitter me fez ver uma oportunidade para explorar esse conteúdo falando de jogos japoneses e também de visual novel antigas, alem de que isso desperta a sua curiosidade para outros jogos que provavelmente vão funcionar no seu computador.

Vocês verão jogos que vocês ja devem conhecer muito bem como mario e sonic, mas vou mais a fundo e vou falar também de jogos japoneses que vocês provavelmente nunca ouviram falar como é no caso do Drill Dozer que sera o jogo que vou falar nessa postagem.

Drill Dozer é um jogo que foi lançado em 22 de setembro de 2005 no Japão para Game Boy Advanced e ganhou sua versão americana em 6 de fevereiro de 2006. A empresa responsável pelo jogo é a Game Freak a mesma empresa que é responsável pelos jogos de Pokemon para os consoles portáteis da nintendo, e tem o mesmo desenhista do caracter designer dos jogos e animes de pokemon o Ken Sugimori.


Então você vai sentir certas similaridades em traço de personagens. A historia de Drill Dozer é bem rasa, você so sabe que a protagonista da historia é uma loli de cabelo rosa que usa um robô (Drill Dozer) onde nele você usa as suas brocas para remover obstáculos e destruir inimigos.

A protagonista não tem nome e é muda, ela não fala nada no jogo. Os seus ajudantes dão dicas de como prosseguir nas fases e eles chamam ela de Boss (chefe) e como objetivo eles querem pegar o diamante vermelho que pertence a mãe da protagonista, que foi roubado pela sua gangue rival.

Mas como em qualquer jogo precisa de um vilão a gangue rival quer pegar esses diamantes (coloridos) preciosos que com eles da para aumentar muito o poder do drill dozer, e como rival tem a policial oppai (peituda) que quer te prender em quase todo o momento do jogo.


O plot é besta, mas o jogo não quer te oferecer isso e sim uma jogabilidade divertida (e difícil) dando ações com o drill dozer. Nos botões de controle o A faz você pular o B faz você responder a um dialogo, olhar e fazer outras ações. Nos botões de cima temos o R e L que vai fazer seu drill dozer girar a broca no sentido horário ou anti-horário.

E por ultimo temos o Start onde você pode salvar o jogo em qualquer momento da fase, e acredite é necessário tem partes bem chatinhas de passar no jogo, alem de ter fases gigantescas onde você pode passar de 30 minutos a 2 horas numa mesma fase.

Considero o Drill Dozer um dos jogos de GBA mais divertidos que joguei nesse portátil. A historia do jogo é fraca, mas conseguiu me agradar naquilo que mais busco num jogo a jogabilidade. Não é difícil dominar o gameplay do jogo, ela vai te "treinando" para você conseguir ir avançando de fase e não ter grande frustração logo no inicio do jogo.


Para jogadores que gostam de desafio logo nas primeiras impressões o jogo não parece ser muito difícil, mas quando você começa a avançar, o jogo vai começar a dificultar cada vez mais, sendo necessário morrer varias vezes numa mesma parte ou num chefe. Ao longo da sua aventura você vai pegando chips que são encontrados em caixas e objetos e ate em inimigos derrotados. Com esses chips você pode aumentar o poder do seu drill dozer deixando ele com mais pontos de HP e fazendo sua broca ficar mais poderosa.

Com esses pequenos elementos de RPG, você tem a liberdade de repetir as fases para assim conseguir dinheiro e aumentar a resistência do seu drill dozer. Quanto mais você avança na aventura mais o plot vai ser explicado e novas estrategias e desafios vão sendo inseridos dando um bom toque de desafio no jogo. E para conseguir estende-lo, depois que você zera o jogo você habilita fases secretas onde você pode compra-las com dinheiro, onde essas fases são mais difíceis que as fases normais exigindo o máximo de sua habilidade.


Foram boas horas de diversão (e raiva) durante a jogatina de Drill Dozer. Ele não é o melhor jogo do GBA, mas é um excelente jogo para quem esta ganhando o console, e para quem esta começando a jogar no GBA. É daqueles jogos que da vontade de dar uma ré-jogada para variar. Para quem busca uma jogabilidade bem diferente e não tem problema com jogos antigos, de uma jogada em drill dozer e expresse sua opinião sobre o jogo.

Não espero que esse tipo de postagem agrade a todos os leitores desse blog, mas pode agradar quem busca jogar coisas nostalgicas e conhecer outros jogos. Não pretendo falar de jogos antigos na mesma regularidade de noticias, mas pretendo continuar a comentar sobre esses jogos e alimentar a discussão dos leitores do blog.

Links:

Emulador: Windows e MAC
Rom: Drill Dozer

This entry was posted in ,,,,,,. Bookmark the permalink.

Leave a Reply