O mercado de visual novel esta morrendo?


Não é de agora que o mercado de visual novels é um grupo de nicho. Principalmente onde em sua maioria é feita para um publico de maiores de 18 anos.

Numa entrevista com o produtor da poderosa minori ao Businness Journal ele fala de um futuro incerto e a morte da industria de bishoujo-ge que a minori esta acostumada a fazer. De acordo com ele a empresa anda sofrendo com a quantidade de vendas, mesmo sendo uma empresa que fica no TOP 10 dos jogos mais vendidos da getchu em todo ano ela ainda sofre com o lucro.

De acordo com ele a produção de uma visual novel feita por eles custam em media $300,000.00 por cada jogo. Mas ai vocês se perguntam porque custa tanto? Tem diversos fatores desde contratação de desenhistas, dubladores, roteiristas. Porem o que gasta mais numa visual novel são as CGs (no caso da minori).

A minori esta sofrendo um grave problema de transição tecnologia. No inicio da visual novel nos so precisávamos ter resolução de 640x480 a 800x600 para se produzir um jogo. Então logicamente as CGs tinham essa resolução e tinha um custo, mas como a tecnologia e as resoluções em HD logo pulamos de 800x600 a 1920x1080.


Não é toda visual novel que se arisca a ter uma resolução tão grande assim. Grupos iniciantes e ate doujins costumam ainda usar a resolução de 800x600 a 1024x768. E muitas empresas estão adotando a resolução 1024x768 a 1280x768. Mas isso é a ponta do iceberg afinal a minori cria muitas CGs inclusive CGs do cara olhando para o céu, CGs de zoom de uma mesma imagem, efeitos especiais e CGs com movimentação. Tudo isso encarece o jogo e faz ele aumentar o preço, enquanto outras empresas usam menos recursos para a produção de visual novels e consegue vender mais que a minori.

Um bom exemplo de usar poucos recursos em CGs é a Key. A Key tem boas CGs isso é fato e tem uma boa trilha sonora e um roteiro muito bom. Mas vamos comparar em quantidade de CGs.
Rewrite teve aproximadamente 250 CGs e seu fandisk Rewrite Harvest festa ! teve aproximadamente 80 CGs.

No caso de Natsuzora no Perseus a ultima visual novel lançada pela minori teve mais de 2100 CGs. A quantidade de CGs é muito grande em relação ao jogo da Key mas esse não é o único exemplo vamos partir para outros jogos da minori. Eden teve 1200 GCs, ef - the first tale 1700 CGs, ef - the latter tale 4000 CGs, Wind - a breath of heart 900 CGs.


A minori presa muito pela qualidade e graças a isso e ao avanço de resolução é o que esta causando muitos gastos a empresa. O produtor diz que a industria de visual novel esta morrendo, pelo fato de ter muitos iniciantes no mercado que estão conseguindo uma certa popularidade e vencendo empresas que estão a muito tempo no mercado.

Em um negocio que da dinheiro, você não vai ficar muito tempo sem concorrência. Isso se aplica em qualquer mercado, desde os smartphones a tablets, ate animes e mangas. Se um mercado esta dando dinheiro sempre vão aparecer outras empresas que vão copiar e pegar referencia das outras para ir adentrando no mercado e assim ganhar dinheiro.

Eu sou apenas um blogueiro que fala sobre esse tipo de jogo. Não sou um especialista de como funciona esse mercado de visual novel, mas uma coisa é certa. O estilo nunca foi tão popular quanto é hoje.

Enfim qual sua opinião sobre isso? Na sua opinião o mercado de visual novel esta morrendo?

This entry was posted in ,. Bookmark the permalink.

12 Responses to O mercado de visual novel esta morrendo?

  1. Anônimo says:

    Essa Natsuzora no Perseus é em 1920x1080? nunca joguei uma vn em 1920x1080, vou baixar :v

  2. Gaiasking says:

    Será realmente uma pena se algo acontecer a minori. Justamente por ela prezar a qualidade eu adoro suas VNs. Ef - A fairy tale of the two foi, de longe, minha segunda melhor VN lida (a primeira vai, com absoluta certeza, para Fate/Stay Night). A história é digna de filme de Oscar, a qualidade das CGs indiscutível, a dublagem muito bem feita com cada voz se adaptando perfeitamente a personagem e toda a trama muito bem desenrolada. Será uma pena se ela vier a falir. Nessas horas eu queria ser podre de rico e bancar a ressurreição da companhia xD

  3. Anônimo says:

    De fato o fator lucro/custo da Minori é um pouco menor que o que seria óptimo pra empresa, mas isso porque ela se prende à um único "estilo de storytelling", na minha opinião. Não é inseguro dizer que mais de 90% das pessoas que jogam Visual Novels estão nestas apenas pela história, então o número de CGs é algo que deve ser pragmático. Leve Fate/Stay Night por exemplo. Uma VN muito antiga, não possui uma grande quantidade de CGs mas a capacidade de contar a história com as CGs que possui é fenomenal. Não só isso, o combate (É uma VN de ação) é algo executado perfeitamente com penas algumas CGs que se repetem por todo o game e por todas as rotas.
    Enquanto eu creio que a qualidade de EF, por exemplo, é algo fenomenal, a quantidade de Event CGs que eles possuem é algo tão grande que (não que isso seja uma coisa necessariamente ruim) a ambientação é feita não pela cabeça do jogador.

    Novamente, eu como Katsuragi, sempre procuro por games com qualidade alta de CGs para jogar - Eles são sempre os mais atraentes - mas na hora de dar uma nota pro jogo, eu dropo totalmente a qualidade gráfica e me foco somente na história. Tanto que minha VN favorita até o dia de hoje, Fate/Stay Night, eu enrrolei por anos pra jogar porque a qualidade gráfica não me era chamativa. Quando comecei a jogar, achava os gráficos feios. Hoje acho que são os gráficos mais bonitos que eu já vi - A qualidade da história tem um poder tão grande assim.

  4. Kaique says:

    Produtor da Liarsoft rebateu o comentário da Minori e disse que para ele o mercado nunca esteve tão forte e cheio de oportunidades. A questão é que a Minori já está datada, por isso só levam prejuízos. O que adianta qualidade gráfica se as histórias das últimas VNs deles não correspondem a altura? Se for só para h-scenes, eles vão procurar outra coisa, se for pelo enredo também. Então ele generaliza o fracasso da Minori para toda a indústria. Se novatos estão tendo mais popularidade mesmo com menos qualidade gráfica e investimento, é por que possuem qualidades superiores em enredo, personagens e etc.

    Isso é butthurt da Minori mesmo.

  5. gangrelion says:

    "A Key tem boas CGs isso é fato"? Rapaz, não é tão fato assim não. Ha controvérsias. Eu sempre vi essas CGs tendo ótimos efeitos de Photoshop (como cor, luz, sombra), mas parece que o artista largou a caneta e ficou só no computador, porque o traço dele estagnou desde o jogo MOON. Eu quase sempre vejo qualidade de doujin em questão de graficos nos jogos da Key (exceto em Tomoyo After, que tem um artista diferente). O que é uma pena, pois concordo com vc sobre a parte do enredo e musica.

  6. gangrelion says:

    A minori meio que tá na merda por causa do penultimo game que eles lançaram. Era pra ser o "Shenmue" deles, um projeto muito ambissioso. Eles gastaram uma fortuna de ante-mão planejando various merchandises relacionados ao jogo e era pro jogo ser dividido em vários capitulos, dos quais só saiu o primeiro mesmo (que foi um fracasso), o resto eles "talvez" lancem como light novel algum dia. Essa vacilada deu um prejuizo imenso pra eles e agora eles estão com vergonha de admitir o erro, por isso ficam culpando o mercado.

  7. Kurono says:

    Sinceramente, o traço da Key é horrível. As historias deles podem ser mto boas, mas 90% das vns q eu vejo por aí tem um traço mto melhor.

    Em relação a Minori...eu não sabia q eles colocavam tantas CGs assim nas vn deles e sinceramente ach um exagero desnecessário. Não digo q não seja legal e sei q o traço das CGs deles é mto bonito, mas acho q a historia deve ser sempre o foco quando falamos em vns (com exceção de Nukiges onde as CGs podem ajudar mto.
    Se eles estão indo tão mal assim acho q está na hora deles rever alguns de seus conceitos.

  8. Sou ilustrador e só por curiosidade... A produção (de desenho à pintura digital) de uma unica imagem CG como as que temos nos Visual Novel pode levar 18 horas... 18 horas cada uma.

    Aqui no Brasil só pra se ter uma ideia pra se comparar, sai cerca de 150 reais cada 10 minutos de dublagem. Mas o que acaba comendo mesmo o dinheiro é o marketing pra fazer o game ficar conhecido, pois mesmo os que jogam apenas uma pequena percentagem acessam blogs e sites como este.

    Outra coisa é que o mercado se cansa de um estilo que é repetido diretamente, ai cabe aos desenvolvedores ir mesclando com outros genêros (como RPG ou luta) para dar um diferencial ao seus jogos.

  9. LiosX says:

    ¬¬ Spam detected....

  10. Juan Dias says:

    kkk adorei aqui mano seu blog é muito maneiro parabéns ^^

  11. Mike says:

    O mercado não está morrendo; como citado, empresas novas chegando, produzindo com menor custo e superando as empresas maiores...

  12. Anônimo says:

    300 mil dólares para fazer uma visual novel? Sério? 300 mil dólares para fazer um jogo feito basicamente de cenas estáticas, alguns diálogos, algumas rotas, algumas personagens e zaz?

    O que está acontecendo com a indústria de visual novels é o mesmo que está acontecendo com o indústria de jogos em geral: enquanto algumas poucas empresas investem milhões e milhões em jogos AAA genéricos que vendem aquém das expectativas, pequenos grupos indie estão fazendo jogos geniais e inovadores e tendo que investir muito pouco dinheiro para tanto.

    Arte é algo que só é bom se não feito em uma escala industrial e impessoal. Jogos são arte e devem ser feitos e jogados com carinho ao invés de simplesmente serem vistos como maneiras de ganhar dinheiro.

Leave a Reply