Fansub ganhando dinheiro com pirataria? Logico que isso não ia dar certo.


Algumas semanas atras teve um caso que deu uma grande polemica entre os otakus de visual novel. O fansub Seiha estaria responsável pela tradução do jogo Shoujo Mahou Gaku Little Witch Romanesque, onde é um jogo que foi lançado em 2005 no Japão e estava sendo traduzido por eles.

Ate ai tudo bem, o problema foi a proposta do fansub para completar a tradução. Eles tiveram a ideia de entrar no Kickstarter, que para quem não conhece é um serviço onde para você que quer começar uma ideia, produto ou jogo, lança nesse site para obter dinheiro. Tem muita empresa de jogos que lançam suas ideias lá, e as pessoas mandam o dinheiro para fazer a ideia do autor ir adiante, caso a ideia não ir pra frente ou não conseguir o dinheiro necessário, todo dinheiro é devolvido para os donos dos lances.

Enfim, a ideia do Seiha era simples. Eles colocaram no Kickstarter o seguinte projeto, onde você daria dinheiro para eles completarem a tradução da visual novel Shoujo Mahou Gaku Little Witch Romanesque, onde essa ajuda faria o jogo ser trazido para o ocidente. Porém esse pedido deles não tem coerência, afinal eles querem fundos para a tradução(ilegal) da visual novel e não para conseguir trazer o jogo para o ocidente. E outra, não da para fazer algo dessa magnitude sem o acordo entre empresa e translator.


Resumindo a ideia logo não daria certo e realmente não deu. Com a polemica gerada através disso, a empresa Littlewitch entrou em contato com o Kickstarter e pediu a remoção do pedido, e o pedido foi feito. Se você acessar a pagina do projeto, você vai ver a mensagem de que o projeto foi removido devido a violação de direitos autorais. O mais incrível disso tudo é que teve uma boa quantidade que apoiou o projeto, quando eu vi de relance eles estavam com mais de $1,000.00 de doações.

As empresas japonesas tem a desculpa que não lançam visual novel no ocidente devido a pirataria, e desta vez eles vão ter toda razão de falar. Um fansub como Seiha responsável por traduções como: Galaxy Angel, Daibanchou -Big Bang Age-, Kamidori Alchemy Meister, Duel Savior e Minna Daisuki Kozukuri Banchou fazer um vacilo desses é algo lamentável. Essa atitude não é só ruim para os fansubs, mas também para empresas de visual novel que traduzem os jogos para o ocidente.

Essa caso demonstrou uma péssima imagem dos jogadores de visual novel para o oriente, e isso pode prejudicar futuras empresas de fazerem acordos financeiros com a Jast Usa e MangaGamer, e isso vai ser ruim para todo mundo, para empresas, fansubs e para você consumidor de visual novel. Espero que casos como esse não venham a se repetir e que esse caso não venha a prejudicar acordos comerciais entre as empresas aqui no ocidente.

link: http://www.kickstarter.com/projects/1358146405/romanesque-translation-project

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

7 Responses to Fansub ganhando dinheiro com pirataria? Logico que isso não ia dar certo.

  1. MGJ Sakazaki says:

    É isso aê fazendo merda em todo canto... esses babacas dando uma de loucos -_- e ferram com a gente =_= desculpa as palavras utilizadas neste reles comentário e pela vulgaridade acima de tudo, não me copiem apenas falo de forma curta, direta e simples.

  2. will_cav says:

    Hum... é claro que fansubs querendo ganhar dinheiro é sempre ruim, em todos os sentidos.

    Mas, por outro lado, se tem gente pagando até pra fansub, não seria um problema maior das empresas, em enxergar que ao invés de um monte de piratas o mercado está cheio de consumidores em potencial?

  3. Claro, só que poucas empresas tem capacidade de começar a lançar os jogos no Ocidente. Já que há tantos sites que "Pirateiam" e "traduzem" sem autorização, seria o mesmo que colocar para Download. Se bem me lembro a MangaGamer colocou uma "trava" nos produtos, que em menos de... Semanas, já estava inutilizavel. Então... É uma aposta arriscada, já que eles não conseguem lucrar graças aos "Piratas da Net".
    *Opinião propria.

  4. Anônimo says:

    Antes que todos xiguem o Seiha dizendo que ele não contatou ou simplismente colocou no kickstarter
    leem
    http://tenka.seiha.org/2013/04/of-projects-proposals-and-piracy/
    e se vcs não sabem inglês aprendam antes de xingar alguem e sem pesquisar

  5. É uma pena. Mas eles deviam aproveitar o Kickstart para lançar oficialmente jogos no ocidente. Como aqui no Brasil temos empresas de games de tabuleiro que através do financiamento coletivo traz ótimos jogos estrangeiros.

  6. lucas703 says:

    Só tenho uma coisa a dizer: Hue

  7. Anônimo says:

    Se a Seiha contatou a empresa e ela disse não, mas mesmo assim continuou a tradução no Kickstater então o fansub merece ser xingado. Pirataria é pirataria.

Leave a Reply