Hatsune Miku: Project Diva. Jogo divertido e viciante.


Para quem acompanha o blog e já leu minhas notícias sobre os jogos de Hatsune Miku deve saber que não gosto de vocaloids. Nunca me interessei pelos vídeos que os mais experts faziam com o programa, da mesma forma que nunca vi graça nessa garota com seus longos cabelos cor de menta.

Depois de todo esse "boom" na mídia e a Sega ter investido em jogos de ritmo da franquia a popularização da série só fez aumentar onde até mesmo o público ocidental se interessa pelo jogo, onde mesmo foi feito para agradar japoneses. E depois de analisar o grande interesse do público ocidental pelo jogo, eles estão finalmente traduzindo "Hatsune Miku: project diva f" para o PS3 em inglês.

Com a melhora dos emuladores de PSP decidi fazer um teste no jogo; afinal é da Sega. E como a Sega tem a fama de fazer jogos com jogabilidade divertida e bem ao estilo arcade, provável que deixariam o jogo com essa principal característica: o que acabou deixando. Mesmo em menus completamente em japonês não tive dificuldade em localizar os principais menus para começar uma partida no jogo. Apesar que com uma comunidade tão forte no ocidente acabei achando as isos dos jogos com os menus já traduzidos para o inglês.

A jogabilidade do jogo é simples e fácil de aprender. É basicamente apertar os botões corretamente no tempo certo que vai lhe garantindo pontos, se você fica dando "fine" e "cool" você vai fazendo um combo que é anulado a partir do momento que se faz um "safe", "sad" e "worst". Você ganha quando mostrar na contagem de pontos a palavra "Cleared". Caso aparecer a palavra "Not Cleared" você basicamente não alcançou a pontuação mínima para passar da musica.





Nas primeiras experiências você vai sentir uma certa dificuldade, onde isso chega a ser normal em qualquer jogo de ritmo. Mas o jogo vai respeitando os seus passos e aos poucos você vai atrás de músicas mais difíceis para assim ir avançando no jogo. No momento estou jogando a versão "Hatsune Miku: project diva 2nd" num iso em inglês que peguei e posso dizer que o jogo consegue divertir bastante, mesmo para aqueles que não gostam de vocaloid e jogos de ritmo.

Mesmo com um certo preconceito vocaloids: seres digitais sem alma. Acabei gostando bastante do jogo, onde a Sega continua fazendo um bom trabalho com os seus jogos e com Hatsune Miku não é diferente. Fiquei surpreso com o jogo, afinal não gosto de jogo de musica e muito menos de seres digitais sem alma. Porém a jogabilidade divertida e viciante, consegue pegar até o público que não se identifica com esse tipo de jogo.

Se você quer conhecer o jogo, a maioria das versões foram lançadas para PSP e a versão "Hatsune Miku: Project Diva F" saiu apenas para PS Vita e PS3. Porém no momento você pode jogar a maioria dos jogos lançados que se encontra para PSP, e no momento o emulador de PSP "PPSSPP" anda rodando o jogo sem problemas.

Se você esta a procura de um bom gameplay de uma chance. Hatsune Miku: Project Diva tem muitos elementos bons que podem agradar você que gosta de jogos japoneses.

This entry was posted in ,,,. Bookmark the permalink.

5 Responses to Hatsune Miku: Project Diva. Jogo divertido e viciante.

  1. gchagas says:

    Essas vozes de vocaloid são tao irritantes.

    Porém já joguei na casa de uma amiga e posso reconhece-lo como um bom jogo, mesmo que eu não goste pessoalmente.

  2. DarkJP says:

    eu por acaso gosto muito de vocaloid e já me habituei a ouvir e perceber a voz digitalizada deles, mas consigo entender o ponto de vista de ser musica sem alma por que os vocaloids não são seres vivos, mas tambem quero que entanda que por tras dessa voz irritante tem alguem que escreveu e compôs a musica e perdeu tempo a fazer o seu melhor. "penso que a alma está nesse lugar escondido de todos.

  3. Kurono says:

    Tenho aqui o Project Diva no meu PSP (q alias está tão barato atualmente q compensa mais do q tentar rodar o emulador)e posso dizer q é um jogo interessante. Pra quem é fã de vocaloide é um prato cheio, mas qualquer um q goste de j-music vai gostar de algumas musicas tbm. Eu mesmo q não sou fã de vocaloide gostei bastante de algumas musicas do jogo.

    O ponto baixo do game é o fato de não ter um final para o jogo...quem já jogou o saudoso Bust a Move 2 do PSX (Bust a Groove2 na horrível versão americana) deve acabar ficando com a impressão de q falta algo nesse jogo, pelo menos é assim q eu me sinto. Além disso eu acho meio estranho o fato de alguns comandos q aparecem na tela não serem sincronizados com nada na musica...dando um exemplo, vários deles são sincronizados com a batida da musica ou com o próprio vocal, mas tem vezes q vários comandos aparecem na tela ao mesmo tempo e se vc for usar a musica pra seguir o tempo dos comando vai ficar completamente perdido e isso acontece com bastante frequência. (pra quem jogou BaM2 isso deixa as coisas ainda mais estranhas)

    Mas no fim das contas o jogo é divertido e tem musicas mto boas mesmo. Só é uma pena não ter a musica World is Mine pra jogar =/

  4. tem para ppsspp de android???

  5. Anônimo says:

    estou com problema para jogar no android pelo ppsspp não consigo acertar as setas coloridas tipo quando aperto é como se não reconhece-se que apertei dá raiva porque não consigo desbloquear as musicas ! sera que só aconteceu comigo isso ;-;

Leave a Reply