Aborto. Um Crime ou um Direito?



Devido a quantidade de comentários feitas numa pergunta na fanpage "você é contra ou a favor do aborto?". Decidi fazer uma postagem falando necessariamente sobre esse tema. A postagem de hoje não tem o intuito de mudar os seus parâmetros de crença de ninguém, muito menos que você aceite minha opinião sobre esse caso. Aqui nada mais é do que uma opinião de uma pessoa em relação a esse tabu que é o aborto.

Em relação as respostas, muitos disseram ser a favor do aborto e alguns disseram ser contra inclusive em casos de estupro. Para esse tipo de discussão sempre vejo dois lados: o primeiro o da religião que diz que estamos matando uma vida e o outro o da ciência que diz que não se tem consciência nos primeiros meses, então logo não estaria vivo.

De certa forma tenho uma visão mais religiosa sobre esse tema, afinal o espiritismo é contra o aborto. Mas se eu sou contra ou a favor da legalização do aborto a minha resposta continua sendo: sou a favor.

Então logo você se pergunta se estou indo contra minha religião, e digo que não estou. Continuo tendo minha opinião sobre o aborto, e isso é um direito que tenho, mas eu não tenho o direito de ir e proibir a liberdade individual da mulher. Eu posso dar minha opinião e até aconselhar, mas o direito do corpo é dela e de mais ninguém.

"Ah, mas ela esta tirando uma vida". Isso ai já é na crença religiosa, além do mais nos vivemos num país laico, então o aborto ser proibido por si só já é uma aberração.

 "Mas se o aborto for legalizado vai ser uma chacina, muitas crianças vão deixar de viver". A chacina já ta ai a muito tempo, foi provado que países que são contra o aborto são os que mais praticam, diferente dos que tem o aborto legalizado. Coincidência? Duvido muito. Mesmo se fosse isso é o direito da mulher sobre seu corpo e ninguém tem nada ver com isso.

O aborto é só mais um dos problemas, a liberdade do indivíduo sobre seu próprio corpo deveria ser respeitada. Você acha que tem liberdade sobre seu próprio corpo? Então faça um teste. Tente vender algum órgão seu ou vender seu sangue pra você ver o que acontece, você vai preso. Se o corpo é seu você deveria ter esse direito, inclusive sobre sua própria vida. Afinal a eutanásia no Brasil é proibida também. Mas quem determina isso? O estado, que é dirigido pela sua maioria por homens. Ou você acha que foram as mulheres que decidiram não ter liberdade sobre o próprio corpo? E pra piorar a situação ainda querem obrigar a mulher a ter a criança em caso de estupro, onde isso chega a ser um autoritarismo e um machismo absurdo.

Por essas e outras que eu critiquei o comportamento feminista em relação aos jogos. Jogo você joga se quiser, ninguém te impõe uma lei absurda te obrigando a jogar. Enquanto isso tem um estado machista decidindo o que você deve ou não fazer com seu corpo. Colocar a mulher que pratica o aborto como "assassina" é algo imposto por religião, e em si já esta errado. A religião não deve se meter na vida de ninguém e muito menos na liberdade individual da mulher. Se isso esta acontecendo o "estado laico" brasileiro em si é uma verdadeira piada.

Enfim, achei interessante colocar meu ponto de vista em relação a discussão que teve ontem na fanpage. Pra min qualquer medida feita para limitar a liberdade individual é algo que critico duramente. Você tem direito na sua religião e dogmas de criticar quem pratica aborto, mas exigir que toda uma nação siga o seu ponto de vista é literalmente voltar a era medieval.

links uteis:

Países que proíbem aborto têm maiores índices da prática

O mapa do aborto

Aborto? Não!

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

1 Response to Aborto. Um Crime ou um Direito?

  1. Kanako! says:

    Ótimo texto. Concordo plenamente.

Leave a Reply