To Love-Ru Darkness: Battle Ecstasy. O estranho jogo onde o Rito é "macho".


Depois de um bom tempo de To Love-Ru Darkness, nada mais justo que o mesmo ganhar um jogo. Não faz muito tempo que saiu um artigo que a serie To Love-Ru Darkness irá ter seu jogo para o console portátil da Sony o PS Vita.

E sem demorar muito tempo, foram liberadas algumas imagens do jogo, alem de uma breve sinopse sobre o mesmo. Assim como no anime, o Rito continua naquele harem "irritante" onde todas as mulheres querem receber o fruto proibido, mas ele se nega a tal ato.

Porém um dia o Rito fica tonto e estranho. Ele desmaia. Ele acorda e acaba se deparando com um teto não familiar, quando ele se da conta percebe que esta dentro de um calabouço padrão de RPG japonês. E para a sua surpresa as garotas do seu maravilhoso harem foram raptadas por um ser misterioso, onde provavelmente deve ser o rei dos demônios, ou o diretor da escola.

Rito levanta com o choque, e percebe que perdeu algo muito importante, e se irrita. Abastecido por uma forte aura shonen e por flash-backs genéricos que eleva o seu poder a mais de oito mil. Munido de sua força de vontade e com as armas que ele vai adquirindo na sua aventura, Rito vai aprontar altas confusões em busca de seu harem.

O jogo vai ter o modo padrão, onde nas masmorras você vai derrotando os monstros com o Rito em modo beserker. E no outro vai ser o modo visual novel, onde você vai evoluindo seu relacionamento com as heroínas da historia e quem sabe fazer uma rota com a mesma. É muito cedo para falar mal do jogo, afinal a empresa já fez algo difícil que é transformar o Rito num protagonista macho.

Agora só falta aguardar se o gameplay vai conseguir ser envolvente, que nem jogos como Ore no Imouto. Eu ficaria mais tranquilo se o jogo estive-se sendo feito pela Namco Bandai que já tem um boa experiencia em fazer bons jogos adaptados de anime para consoles.

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

3 Responses to To Love-Ru Darkness: Battle Ecstasy. O estranho jogo onde o Rito é "macho".

  1. ... ver as palavras "rito" e "macho" na mesma frase foi muito estranho...

  2. Anônimo says:

    LOOOOL, a última coisa que eu esperava ver em To Love-Ru era o Rito lutando por ai como um personagem de mangá Shonen, isso me deixou curioso, pena que não tenho PS Vita...

  3. Anônimo says:

    É estranho ver o rito segurando algo aalém de peitos e bundas

Leave a Reply