Archive for Outubro 2013

Hakuoki: Stories of Shinsengumi vai ganhar versão em inglês para PS3.


A Idea Factory lança mais um jogo de Hakuoki em inglês para um novo console. Desta vez o jogo vai sair para PS3, onde o gráfico é bem superior, alem de vai estar disponível DLC para comprar no jogo.

É uma noticia boa para os fãs da serie, mas não tão boa para quem aguardava mais jogos da Idea Factory no ocidente. Afinal poderiam ter lançado jogos como: Diabolik Lovers e Amnesia. Porém a empresa não pretende arriscar em vender novos jogos da empresa para o ocidente.

Enquanto isso os fansubs estão traduzindo aos poucos jogos de PSP, afinal com emulador de PSP funcionando isso deu um certo incentivo a esses grupos traduzirem jogos mais antigos. Ainda é um pequeno passo para visual novels terem mais jogos de console no ocidente, pelo menos nos PCs a situação é bem mais satisfatória. 

Posted in , , | Leave a comment

Planetarian para PSP ganha tradução.


Planetarian é uma visual novel da Key onde é uma kinect novel. Ou seja, você não toma decisões na historia, é como um livro você vai lendo até chegar ao fim.

Um fã do jogo fez algo bem útil para aqueles que tem um PSP. Ele lançou um patch em inglês para a versão PSP do jogo. Basicamente ele pegou a versão traduzida em inglês da versão em PC, e transferiu para a versão port do PSP.

Provavelmente você não vai reparar muita diferença, afinal o jogo para PSP é um verdadeiro port da versão PC. Você esta basicamente jogando um jogo de PC no seu PSP. O bom é que diferente do PC o PSP é portátil, então da para ler a sua visual novel em qualquer lugar.  Para mais informações e acesse os links abaixo.

link: http://shinji-nerd-life.blogspot.se/2013/10/planetarian-psp-in-english.html

Posted in , , | 3 Comments

Ore no Imouto de PSP sai para iOS.


O mercado de jogos mobile é um mercado que veio para ficar, principalmente no Japão onde jogos sociais andam bem populares.

O jogo da vez que vai sair para o iOS é um port do Ore no Imouto Portable, aquele jogo de PSP com historia spin-off. O jogo é encontrado na iTunes japonesa, e como de costume não se tem planos de lançar uma versão em inglês do jogo para o ocidente, o que é uma pena.

Apesar que aos poucos surgem empresas que lançam jogos japoneses ao ocidente, como é no caso da Kemco Games e Kairosoft. Mas são exceções se comparada a grande demanda desses jogos que surgem no Japão, que muitos que curtem animação japonesa e jogos japoneses gostaria de ter em seus smartphones.

link: https://itunes.apple.com/jp/app/ore-no-imouto-ga-konna-ni/id705075018?mt=8

Posted in , | Leave a comment

A filosofia dos mundos paralelos dos animes e jogos japoneses.


Esse é mais um assunto que nunca vi ninguém debater ou discutir em foruns da internet. Em animes ou em filmes americanos infantis, em historias de fantasia um jovem é tragado para um mundo paralelo e desconhecido, onde na maioria das vezes a sua primeira reação é como sair daquele mundo perigoso. Como aqui é um blog de jogos japoneses o foco vai ser nas historias japonesas sobre essa tema.

E como o interesse daqui são os animes e jogos, irei comentar sobre o estilo de mundo paralelo. Mas o que seria isso? Eu atribuo isso de duas formas. O primeiro é o mundo paralelo que esta próximo do mundo real. E o segundo é o mundo paralelo que esta no mundo real. Vou dar um exemplo Digimon (primeiro) e Pokemon (segundo).

No Digimon os personagens vão para um mundo paralelo (Digimundo) onde pega o velho clichê que estamos habituados: mundo perigoso, temos que voltar pra casa, vilões que ameaçam o mundo, salvam o mundo e despedida. No caso de Pokemon o "mundo paralelo" costuma ser o mundo real com elementos de fantasia. Pokemon se passa num mundo real alternativo, onde os animais são monstros chamados Pokemon. Nesse tipo de universo, o protagonista costuma ser de certa forma ignorante sobre alguns elementos de seu próprio universo, para assim quem esta assistindo a serie se familiarize com o universo.

Pokemon pega meio o elemento do mundo real e coloca novos elementos nele. Nesse mundo paralelo diferente do primeiro o protagonista não tenta fugir desse mundo, afinal ele esta familiarizado. Em vez da fuga a o simples emprego da diversão desse universo. Diferente de Digimon que aborda mais a fuga.

Mas aonde quero chega nessa postagem? Quero chegar no ponto de; pra que existe a necessidade de voltar ao mundo real? Imagine você parando nesse mundo novo, com novas regras e politicas. Como qualquer mundo existe os seus perigos, filosofias e conceito. Alem que eles podem ter regras diferentes do mundo real.


Na maioria das obras sobre esse tema, o principal é voltar ao mundo real, para o retorno do lar. Mas em certas obras costuma ser debatido o seguinte tema: pra que voltar? Um bom exemplo de anime com esse tema é o The Twelve Kingdoms, anime de 2002 que tem 45 episódios. Onde é uma adaptação de uma light novel que é publicada desde 1992.

O anime fala de uma jovem garota de cabelos ruivos Youko, que tem uma vida difícil e sofre bullying e seu pai é violento. Um certo dia aparece um homem estranho na sua escola com longos cabelos brancos, onde ele se ajoelha perante ela e diz que ela é a nova rainha, mas não do seu mundo e sim de outro mundo. Em seguida demônios atacam a personagem e depois da fuga ela para num mundo novo, com um universo completamente diferente do mundo normal.

O escritor desse conto ele se foca muito em contar a historia do universo desse mundo, e como a economia e os seres mágicos que vivem nele. Tudo é tão diferente que até o nascimento de um ser vivo é algo bizarro. Enquanto no mundo normal as crianças nascem na barriga da mãe, nesse mundo as crianças nascem do frutos das arvores.

Primeiramente a heroína tenta voltar pra casa, mas um de seus colegas de escola faz a seguinte pergunta: por que você quer voltar pra casa? O que de bom você tem lá? Logo a serie sempre se remete que a protagonista não tem nada a perder. Se ela volta ao mundo real o que ela ganha? A sua família é difícil, ela não tem amigos na escola e não se da bem em provas e não é boa nos estudos. Enquanto nesse mundo novo, mesmo com todos os perigos ela tem como começar uma vida nova, como rainha e ainda com amigos que ela nunca teve no mundo normal.

A serie constantemente debate sobre o tema. Afinal se você vai para um mundo novo, você tem que abdicar do mundo anterior, caso volte para o seu mundo real tudo que você conquistou nesse mundo novo vai ser deixado para traz.


O que acho interessante a discussão desses temas na animação japonesa é que, mesmo sendo algo louco e viajado, ele ainda remete ao mundo real. O mundo paralelo seria remetido a busca de descobertas, como você ir morar num novo país onde você tem que se adaptar a cultura e costume desse povo, alem de aprender uma nova língua. Onde no The Twelve Kingdoms a personagem aprende a língua usada nesse mundo também.

Mas no final muito dessas obras costumam ser apenas para você se sentir o personagem entrando nesse novo universo. Colocam o herói vindo do mundo real onde ele vai para esse outro mundo completamente ignorante, para assim servir como justificativa para ele ir aprendendo (e você também) sobre a sua nova realidade.

Nunca vi outro anime fora The Twelve Kingdoms que debate-se esse conflito de voltar ou não voltar para o mundo real como um tema serio e ate filosófico. A grande maioria dessas obras costumam ter como foco o publico infanto-juvenil, onde pode agradar a todos os públicos. Em se tratando de jogos com esse tema, temos o Final Fantasy Tactics Advanced, onde no jogo o "Final Fantasy" é visto como um jogo e a historia se passa no mundo real.

Mesmo o jogo sendo um pouco infantil, ele ate consegue debater bem sobre esse tema. Mas mostrando varias perspectivas. Temos o nosso herói Marche onde ele e seus dois amigos tem sérios problemas em sua realidade. Enquanto um tem problemas pessoais o outro teve a mãe que morreu e seu pai que não conseguiu seguir adiante depois da tragedia, deixando o garoto que já tinha problemas ainda mais recluso.


Um dia os três vão para outro mundo. O protagonista pretende voltar ao mundo real, mas para isso ele tem que destruir cristais que vão criar uma desestabilização naquele mundo, fazendo assim ele e seus amigos voltarem pra casa. Porém diferente das historias padrões os seus amigos não querem voltar pra casa, muito pelo contrario eles decidem ficar nesse mundo, pelo fato de ser tudo o que eles queriam. A garota tem seu sonho realizado, o garoto recluso sem mãe e com um pai fraco, nesse mundo a mãe dele é viva e seu pai é forte e confiante.

Mesmo tendo um tema levianamente infantil, o jogo consegue debater temas bem sérios. E caso você queira jogar Final Fantasy Tactics Advanced depois de ler isso aqui vai um conselho: busque no google o cheater "No Laws", o jogo fica mais divertido e dinâmico com isso, quando você jogar você vai entender. Enfim, acho que me estendi bastante no assunto, onde para muitos pode não ser algo muito interessante de ler. Porém ter conteúdos diferentes e "malucos" para ler também faz parte da diversão.

Na sua opinião o que você acha sobre esse tema? Quais foram os animes ou jogos que vocês jogaram que inseriam esses elementos de mundo paralelo que vocês gostaram? Comente e vamos alimentar o debate.

Posted in , | 5 Comments

Fate/Hollow Ataraxia tradução próxima do fim.


A visual novel Fate/Hollow Ataraxia é a continuação da visual novel de Fate/Stay Night. No momento Fate/Hollow Ataraxia não tem planos de ganhar um anime, mas seria algo muito bom de se ver, afinal seria a conclusão da historia da franquia Fate.

A historia se passa depois dos acontecimentos do Fate/Stay Night. Shirou esta vivendo pacificamente, entretanto uma nova maga chamada Bazett aparece, onde ela tem um servo de uma nova classe "Avenger", onde ele é um servo que não se lembra de absolutamente nada de seu passado. Enquanto isso uma mulher misteriosa chamada Caren Ortensia aparece diante Shirou.


Com todos esses acontecimentos, mais uma guerra de magos e servos vai acontecer no mundo de Fate. O grupo responsável pela tradução informa que o projeto esta em 97,5% traduzido, ou seja falta bem pouco para o projeto finalmente ser traduzido, porém ainda não tem nada confirmado quando a tradução vai ser finalmente completada.

Mesmo o jogo sendo desconhecido pra quem não liga muito pra visual novel. Fate/Hollow Ataraxia seria um bom anime, principalmente pra quem gostaria de uma nova seria com novos heróis e personagens. Mesmo sem falar nada, a Type-Moon costuma fazer referencias que indicam prováveis planos de uma futura animação. Um bom exemplo é a personagem Bazett do Fate/Hollow Ataraxia aparecer no anime de Fate/Kaleid Liner.





Como sabemos a Type-Moon gosta de fazer essas referencias, para depois fazer um lançamento de um anime que os fãs pedem a vários anos. A mesma coisa acontece com Melty Blood que é a continuação de Tsukihime, que mesmo sendo um jogo de luta muito bom e elogiado, nunca ganhou um anime. No momento acho mais fácil a Type-Moon fazer um anime de Fate/Extra pra vender jogo do que pra essa continuação.

Enfim, mesmo faltando pouco para o fim da tradução não fiquem tão ansiosos. O fansub responsável já tem esse projeto a bastante tempo e provavelmente ainda vai demorar para a finalização do mesmo.




Posted in , , | 7 Comments

A Nyu Media anuncia novos jogos doujin para o ocidente.


A empresa Nyu Media assim como a MangaGamer tem uma mesma função: trazer jogos japoneses para PC ao ocidente.

A diferença entra a Nyu Media e a MangaGamer e Jast Usa, é que em vez de trazer visual novels a empresa traz jogos indie japoneses (doujin) para o ocidente. Porém ela não é a única, também temos a Rock in Android que também tem a mesma função e teve jogos como: Bunny Must Die! que ganhou uma aprovação para ser vendido na Steam.

Ou seja tem um mercado de jogos indie japoneses no ocidente e a tendencia é o negocio aumentar. Recentemente a Nyu Media anunciou novos jogos ao ocidente. Dos novos jogos temos: Supercharged Robot Vulkaiser, ARMED SEVEN e GIGANTIC ARMY. Onde são jogos de shotter gaming, onde para os menos íntimos seria aquela jogabilidade de jogos de navinha, onde japoneses sabem fazer esses jogos muito bem (vide Touhou) e até hoje é popular no Japão.

E o outro jogo anunciado é o Yatagarasu Attack on Cataclysm, onde é um jogo de luta em gráficos 2D. E o ultimo e menos importante é que agora você pode comprar Croixleur pelo Steam. Com a chegada do Steam Greenlight cada vez mais esses jogos vão ganhando destaque, fazendo assim eles serem vendidos a bons preços na Steam e consequentemente ganhando mais visualização. Para mais informações acesse o link abaixo.

link: http://nyu-media.com/news/presenting-the-nyu-media-winter-spring-line-up/

Posted in , | Leave a comment

Novo projeto Kickstarter vai falar sobre os 15 anos da Key.


Cada vez mais o nicho visual novel vai se popularizando. A quantidade de pessoas interessadas em consumir, traduzir e conhecer esses jogos vai aumentando e isso faz o mercado desses jogos crescer por aqui o que é algo muito bom para quem busca esse tipo de jogo.

Recentemente um grande fã da Key com pseudônimo de "Clannad Man", começou um projeto Kickstarter, onde pretende arrecada $ 200,159 para a produção de um documentário falando dos 15 anos de existência da empresa de visual novels Key. Basicamente é um documentário feito para agradar os fãs da empresa e quem gosta de visual novel. Alem que isso pode ser um bom impulsionador para que futuramente um dia a Key tenha interesse em vender seus jogos no ocidente.

Afinal muitos jogos da Key são para todas as idades, alem de ser bem conhecida e elogiada pelo publico fã de animação japonesa. Enquanto isso só resta aguardar se o projeto vai ir pra frente ou não. Para mais informações sobre o Kickstarter acesse o link abaixo.


Posted in , , | Leave a comment

Pokemon Origins. A excelente adaptação de um jogo.


Finalmente saiu o tão aguardado Pokemon Origins, que seria um especial em anime do jogo de Pokemon FireRed e LeafGreen. Para quem nunca jogou o jogo Pokemon Red, Blue, Green ou até mesmo Yellow. Vai ficar um pouco perdido nesse especial.

Caso você jogou o FireRed ou LeafGreen vai reparar que quando a historia vai mostrando os pontos que o Red já passou, é algo bem idêntico que acontece no jogo de GBA. Onde ele relembra as 4 ultimas ações no jogo, desde ter derrotado um líder de ginásio, até ter comprado Pokebolas. Essa é uma forma bem interessante para aqueles que passaram vários dias sem jogar o jogo, não volte completamente perdido na historia.

O especial é um verdadeiro estupro de fanservice e citações que só os fãs da franquia vão compreender. Porém mesmo que você não seja um jogador da franquia, o especial também busca atrair aqueles que nunca jogaram o jogo, experimentar esse universo. No final anime de Pokemon é algo pra vender jogo, e não duvido nada que usem isso para fazer um novo remake de Pokemon Red e Green para o Nintendo 3DS. A menos que o Pokemon Origins e deixar você pegar os starters da primeira geração no Pokemon X & Y seja apenas ser uma nostalgia e não um futuro plano de marketing para pegar esse publico para um futuro remake.


O especial é de 4 episódios, dando mais o menos 1 hora e 30 minutos. Então se prepare para ver tudo sendo mostrado de maneira muito acelerada. Os pontos mais marcantes do jogo vão ser mostrados na historia, como a luta no primeiro ginásio, a torre fantasma de Lavander Town, a luta com Giovanni e a captura do MewTwo.

Mesmo sendo momentos bem curtos, o anime consegue mostrar bem o seu potencial, tendo lutas rápidas e emocionantes, onde conseguem fazer a pessoa que jogou os jogos, sentir aquela nostalgia das batalhas. Não é a toa que nos combates de ginásio costumam mostrar os pontos de vida dos Pokemons, onde dão um bom nível de tensão. Vi muitos reclamando que as lutas estavam muito rápidas e em apenas um golpe os Pokemons deitavam. Não sei se quem falou isso joga o jogo ou não, mas quando você está num nível avançado e com boas técnicas, muitos combates são decididos num único turno. Principalmente quando você esta enfrentando a Elite Four.


Minha única reclamação nos combates foram não ter mostrado o combate justamente com a Elite Four, afinal é o momento final do jogo, onde vai exigir bastante habilidade do jogador. A luta do MewTwo foi boa, alem de ter explicado bastante coisa sobre a Mega Evolução. Enfim, achei o especial algo muito proveitoso e divertido de assistir.

O anime é bastante respeitoso com os fãs e traz tudo que uma pessoa que gosta dos jogos gostaria de ver. Espero que tenha novos especiais pegando as outras series da franquia, afinal logo no inicio ele mostra os anos e as capas de quando seus jogos foram lançados. Quem sabe no futuro tenha outros animes de Pokemon. Como fazer uma adaptação do manga de Pokemon Adventures e até fazer uma serie do Pokémon Mystery Dungeon, onde considero o melhor spin-off da franquia.

Como sempre irei perguntar. Qual foi a sua opinião sobre esse especial de Pokemon. Ele conseguiu lhe agradar, ou não foi la essas coisas?

Posted in , , , , | 6 Comments

Harvest Moon: Linking the New World. O novo jogo da franquia de Harvest Moon.


Depois do lançamento tão aguardado de Hometown Story, parece que a empresa Natsumi não esta afim de ficar parada. Um novo jogo do mesmo criador, vai ser lançado em fevereiro do próximo ano: Harvest Moon: Linking the New World. O novo jogo, infelizmente (ou felizmente) não vai ser para o Nintendo Wii U. Cada vez mais os jogos da Natsumi investem mais em consoles portáteis da Nintendo, do que nos consoles de mesa. Então ver um Harvest Moon saindo no Wii U, no momento é algo difícil de acontecer.

O jogo vai sair para o Nintendo 3DS e assim como o jogo anterior lançado para esse console, os gráficos não apresentaram grandes melhoras; não que isso seja um fator que vai denegrir o jogo. Uma das grandes mudanças no jogo, é que ele tem a opção de saber como suas vendas estão se saindo em outros países, alem de você poder viajar para outros países como o Safari; para ver animais selvagens.


No Harvest Moon você vende seus produtos colocando eles numa caixa de vendas. Originalmente na franquia você não sabe quem compra ou deixa de comprar suas mercadorias, a sua grana é fixa e quanto mais produtos vender melhor. Agora com esse sistema de países, você vai ter que melhorar sua estrategia para conseguir fama internacional como fazendeiro. Esse deveria ter sido um sistema já implementado no jogo, mas nunca é tarde para novidades. O elemento social também vai ser inserido no jogo. Os seus amigos podem visitar a sua fazenda nesse novo jogo. Ainda não se sabe, se vai ser possível vender seus produtos para os seus amigos, ou simplesmente dar dinheiro para ajudar os seus amigos que estão iniciando no jogo.

O jogo Harvest Moon: Linking the New World vai ser lançado em fevereiro de 2014 no Japão. No momento uma versão ocidental do jogo não foi anunciada. Mas como essa é uma franquia famosa no ocidente é certo que vamos ganhar uma versão em inglês desse novo jogo.

Posted in , | 2 Comments

Final Fantasy VI vai ganhar remake.


Demorou, mas a Square Enix finalmente pretende fazer um remake do sexto jogo da franquia Final Fantasy. Onde considero esse o melhor jogo da franquia em termos de história. Mas para muitos que aguardavam o jogo, essa versão vai sair para Android e iOS. Assim como os outros jogos clássicos que estão saindo da franquia.

Porém como Final Fantasy VI é uma obra de arte tanto em gráficos como história, eles estão fazendo uma versão especial do jogo e não um simples port para os smartphones.

A história do Final Fantasy VI é boa, mas o jogo exige que você passe muito tempo evoluindo para passar na história onde isso se torna algo bem frustrante. De acordo com a Square Enix o jogo agora vai exigir menos tempo de dedicação para evoluir para você ir logo no ponto que interessa que é a história.

Os gráficos do jogo também vão ser melhorados para tentar agradar o público atual. No momento não se tem confirmação no ocidente, mas é praticamente certo que o jogo ganhe uma versão em inglês. Além disso estão discutindo de levarem o jogo Final Fantasy VII para os smartphones, se o mesmo vai ganhar um remake ou não isso continua um mistério.

Eu particularmente considero aparelhos moveis um bom local para jogar. Principalmente quando é um jogo de JRPG. Aos poucos vejo empresas entrando nesse mercado e lançando jogos bem interessantes. O grande problema é que tá um mercado bem saturado de jogos similares.

Porém também acho uma boa ideia a Square Enix vender esses remakes de Final Fantasy na Steam, garanto que os fãs iriam adquirir o produto.

Posted in , , | 2 Comments

Dragon Quest do 1 ao 8 vai sair para smartphones.


Como muitos devem saber a Square Enix anda lançando os seus jogos clássicos de Final Fantasy para aparelhos celulares com sistema operacional Android e iOS. E muitos se perguntavam quando iria ser feito o mesmo com o jogo Dragon Quest. Afinal a franquia de Dragon Quest é famosa.

Infelizmente a franquia não foi tão bem apreciada no ocidente, mas nunca deixou de ganhar versões em inglês. Diferente do Japão onde é um jogo bastante elogiado. Demorou mais a Square Enix finalmente vai lançar o jogo para smartphones,  não apenas um mas oito jogos da franquia. Para quem é fã da franquia isso é algo muito bem aguardado.

Só espero que a Square Enix lance os jogos em inglês também, para assim os fãs ocidentais aproveitem essa excelente obra. No momento não tem data de lançamento, mas a confirmação já é motivo de alegria ou de tristeza nostálgica por desperdiçar varias horas evoluindo para derrotar o rei dos dragões ou dos demônios.

link: http://www.jp.square-enix.com/dqsp/




Posted in , , | Leave a comment

Pokemon Pinball. Uma franquia desconhecida que provavelmente você nunca ouviu falar.


Como estamos no mês do lançamento do novo Pokemon. Decidi fazer mais postagens sobre essa imensa franquia de jogos. Mas em vez de ficar falando dos jogos da franquia original, decidi falar sobre os jogos spin off da franquia. Vou começar a falar do simpático jogo de pinball de Pokemon, onde é um jogo que não foi tão comentado em relação a outros jogos spin off da franquia.

Não que o jogo seja ruim, ele é bem divertido e tem regras bem simples de entender mesmo para aqueles que não entendem muito de pinball. Na verdade jogos de pinball em vídeo game nunca foram muito bem recebidos. Não são jogos que puxaram um grande público, além de não ter empresas de jogos especializados só em fazer jogos de pinball para consoles.


Quando jogos de pinball saiam para consoles costumavam ser de um personagem e jogo conhecido, onde inseriam eles no mundo do pinball. Como foi no caso de Kirby, Sonic e Pokemon.

A primeira vinda de Pokemon Pinball foi no game boy color, onde pegavam pokemons do blue e red. Como o game boy color tem apenas 8 bits o jogo não ficou tão proveitoso na jogabilidade, além de ter poucas partes da messa que serve para ganhar pontos. Ficou basicamente uma jogabilidade bem limitada, além dos pequenos bugs que faziam a bola cair direto no meio, fazendo assim você perder o jogo; e ficar frustrado.

Basicamente o jogo você usa a pokebola como a bola do pinball onde o principal objetivo é ganhar pontos capturando pokemons, onde depois de capturar uma quantidade considerável você ia para o bônus. Eu recomendo não jogar a versão de game boy color e começar logo na versão do game boy advanced onde é a versão ruby e sapphire.


O segundo e ultimo jogo de Pokemon Pinball saiu para game boy advanced que pega a terceira geração de pokemon, onde teve uma evolução muito boa em relação ao seu jogo anterior. Tem bem mais coisas para fazer na mesa de pinball. Além de capturar pokemons que da pontos, agora você tem varias fases de bônus que dão bem mais pontos que capturar pokemons.

E agora além do bônus tem fase de chefes onde é o que da mais pontuação. Porém você só ganha a recompensa dos pontos caso derrote o chefe, se perder você não ganha nada.

No meio da partida é possível ganhar dinheiro onde você pode comprar ball save, comprar outra bola e até multiplicar os pontos. E como não podia deixar de ser o jogo tem uma boa melhora gráfica, além da jogabilidade ser boa e as músicas empolgarem a jogatina.


Enfim a evolução do jogo é visível, e tem aqueles bons elementos de arcade onde torna tudo bem divertido. Porém o pinball de pokemon não perdurou para as novas gerações o que é uma pena. Mas continua sendo um bom jogo para se jogar hoje em dia sem medo.

É aquele jogo onde te faz querer sempre melhorar seus records e para aqueles que gostam de capturar todos os pokemons, ele tem a pokedex onde mostra quantos pokemons você capturou e viu durante suas partidas.

Pokemon Pinball não é um dos melhores jogos da franquia. Mas consegue adicionar funções e novas experiências no universo do pinball. É um bom jogo para quem gosta de partidas rápidas onde da para jogar tranquilo com um emulador de game boy advanced num PC ou Smartphone.

Posted in , , , | 1 Comment

Sword Art Online: Hollow Fragment. Novo SAO para PS Vita.


Pelo jeito o jogo de Sword Art Online anda vendendo bem, não é a toa que está ganhando um novo jogo, só que desta vez é para PS Vita. O novo jogo se passa no universo da primeira saga, onde não tem fadas e nem seres voadores. Porém no jogo como sabemos eles pegam personagens de sagas posteriores e adicionam nesse.

No fim o jogo é um verdadeiro spin off da série original onde tenta se focar no jogo e não em ser uma adaptação da obra original.

O primeiro trailer do jogo mostra logo o gameplay onde não apresentou mudanças em relação ao jogo anterior. Continua apresentando aqueles elementos de MMORPG nos combates além de você ter um parceiro ao seu lado no momento do combate.

Graças ao poder do PS Vita os gráficos do jogo melhoraram bastante em relação ao jogo anterior e as lutas parece ter ficado um pouco melhores. Mas nada muito diferente do que foi visto no jogo anterior. No momento Sword Art Online: Hollow Fragment só vai sair no próximo ano. E como no jogo anterior, não se tem planos de ser lançado no ocidente.


Posted in , | 2 Comments

MMORPG. Um estilo morto?


Quem não se lembra dos bons tempos quando as lan-house ficavam lotadas de jogadores de MMO. Afinal na época do Ragnarok Online, Mu Online, LineAge II, Gunbound entre outros, esses tipo de jogos eram bastante populares. Porém o tempo passou e parece que cada vez mais esses tipos de jogos estão sendo menos jogados e até mesmo esquecidos pela grande parte das pessoas. Afinal hoje em dia quase todo jogo tem um sistema online, o que fez o MMO perder muita força.

Não que o MMO tenha morrido, mas perdeu muito poder em relação ao inicio, onde tínhamos vários jogos onde conseguiam sobreviver com mensalidade dos jogadores, onde hoje em dia ter um jogo pago mensalmente é um projeto bem arriscado. Até jogos famosos como Tera Online teve que aderir ao free-to-play para conseguir mais jogadores, pelo fato do sistema de mensalidade não estava dando certo. O estilo teve muitas baixas e não é qualquer jogo que consegue sobreviver no mercado.


Mas graças a esse tipo de pressão que fez surgir jogos como League of Legends que hoje em dia é considerado "esporte", onde basicamente faz grande parte das pessoas abdicarem de sua vida pessoal para ficar jogando e falando besteiras no chat do jogo. Nada que já não se faça num MMO por natureza.

MMO não é um tipo de jogo que faz meu estilo. O que eu realmente joguei de verdade foi Ragnarok Online na época que era pago, onde foi a melhor fase do jogo aqui no Brasil. E o segundo foi Pangya, aquele jogo de golfe irritante que era fácil de jogar. Posso afirmar que tive boas experiências jogando Ragnarok Online, foi um jogo divertido enquanto durou, valeu o gasto mensal no jogo e proporcionou boas horas de diversão. E acho que foi graças a essa experiência que me fez ter um certo preconceito com jogo free-to-play.


Enquanto no jogo pago você vai ter um gasto fixo onde o seu ganho e vitorias vai depender de sua habilidade e tempo de jogo. No caso do free-to-play você só vai conseguir competir com os melhores se fizer um pagamento. Onde muitas vezes você acaba gastando mais do que pagando um jogo de assinatura mensal. Os MMO não morreram eles meio que se reinventaram para se adaptarem aos tempos atuais. Não é a toa que empresas como a Square Enix esta querendo entrar nesse ramo. A Square Enix já tem seus Final Fantasys e Dragon Quest online. E agora a Square Enix tem planos de lançar um jogo social de Final Fantasy Tactics Online.

Jogos sociais andam sendo um boa formula de escape para grandes empresas. O jogo social não deixa de ser um MMO para esse tipo de caso, afinal você esta jogando com outras pessoas e não só cuidando de sua fazenda sozinho. Apesar que vi muita gente reclamando dos tais Final Fantasy Tactics Online e Breath of Fire 6. Sera que é tão ruim termos jogos assim? É difícil dizer, principalmente por esses jogos nunca saírem no ocidente, onde fica difícil dizer se o jogo é bom ou ruim. Mas o Final Fantasy Tactics Online é um dos jogos que gostaria de jogar.


Não considero os MMO e MMORPG um estilo que morreu. Eles vivem, só que a diferença é que eles deixaram de ser os grandes astros dessa plataforma que eles dominavam. Afinal quase todo jogo de console tem um modo online, onde permite as pessoas jogarem entre si. Alem que no inicio o MMORPG era muito usado como uma forma de se comunicar com outras pessoas. Só que sabemos que hoje em dia com tantas redes sociais e serviços como Skype, abriu-se uma outra porta para a socialização dos jogadores. Se o melhor para esses jogos, sejam virar jogos sociais para smartphones isso eu não tenho como afirmar.

Mas que jogos assim andam bastante populares no Japão isso é inegável, só gostaria de ver mais interesse de ter esses jogos localizados no ocidente, para nos experimentarmos esse novo universo. Enfim, qual sua opinião sobre MMORPG. Você acha um jogo divertido de jogar ou não gosta desse tipo de jogo? Os MMORPGs estão mortos ou eles estão mais vivos do que nunca?

Posted in , , | 8 Comments

Empresa traz a visual novel em japonês ao ocidente. E divulga o link do fansub para pegar o patch em inglês.


Recentemente uma novidade aconteceu na empresa da MangaGamer. Ela lançou a visual novel de Umineko no ocidente; só o primeiro capitulo. O mais estranho disso tudo é que o jogo não está em inglês e sim em japonês. Onde de certa forma fica bem mais fácil obter o jogo original em japonês e facilita a compra.

Em seguida no link para a compra tem o site da Witch Hunter que é o fansub responsável pela tradução dos jogos de Umineko. Então necessariamente a MangaGamer junto com a 7th Expansion e Witch Hunter estão fornecendo uma facilidade para se adquirir o jogo. A ideia pode soar estranha mas essa é uma boa forma de divulgar o quanto o ocidente está interessado nesses jogos.

Além de ser a primeira venda onde um grupo de fãs que traduziram o jogo vai participar. Logicamente a procedência do fansub foi analisada e um acordo entre a MangaGamer foi feito para que isso acontecesse. Se a moda pega vai ficar bem mais fácil para aqueles que desejam comprar o jogo. Afinal ter que acessar um site japonês para tal feito é algo que afasta muita gente.

Mas no mundo do capitalismo demoníaco não existe essa parada de almoço grátis. A empresa J-List por exemplo já disponibiliza vários produtos japoneses, inclusive visual novel em japonês. Então essa tática da MangaGamer é uma forma de conseguir um lucro em cima da venda de visual novel em japonês. Afinal grande parte do público que deseja esses jogos usa a J-List como primeira opção.

link: http://www.mangagamer.com/detail.php?goods_type=1&product_code=93

Posted in , | 4 Comments

Corpse Party: Blood Drive. O novo jogo da franquia sai para PS Vita.


A franquia de Corpse Party continua firme e forte. A 5pb anunciou que vai lançar um novo jogo de Corpse Party para o próximo ano, só que agora o jogo vai sair para PS Vita. Onde isso de certa forma vai melhorar os gráficos do jogo alem de poder adicionar mais recursos a aventura; como usar o touch do Vita.

No momento o jogo só vai sair no Japão em 2014. Mas não vamos nos esquecer que a Xseed lançou no ocidente os dois últimos jogos da franquia de Corpse Party, então ter esse jogo sendo localizado no ocidente não é algo difícil de acontecer.

Posted in , | Leave a comment

Hometown Story. Vai ter trilha sonora feita pelo mesmo que fez a de Chrono Trigger.


A empresa Natsume que é responsável pelos jogos de Harvest Moon e Rune Factory vai ter seu novo jogo lançado nesse mês de outubro. O jogo tem similaridades com Harvest Moon. Só que a diferença é que você toma conta de uma loja herdado por sua vovô. Ao longo do jogo vão aparecer desejos dos personagens da série, onde tem desejos que vão deixar os personagens felizes ou seu personagem feliz.

Enquanto Harvest Moon é um simulador de fazenda, esse jogo é um simulador de vida e o foco dele é nos círculos sociais, onde assim como Harvest Moon é possível se casar. Como o jogo é um simulador de vida, ter uma boa trilha sonora é fundamental. Quem vai fazer a trilha sonora é nada mais nada menos que Nobuo Uematsu do mesmo que fez as músicas dos jogos de Final Fantasy e Chrono Trigger.

 O responsável pela arte do jogo é Atsuko Nishida o cara responsável pelas artes dos jogos de Pokemon. E o criador do jogo é o Yasuhiro Wada o responsável por Harvest Moon e Rune Factory. Ou seja, com uma equipe destas o Hometown Story tem tudo para dar certo. Vai ser um excelente jogo para o seu 3DS que vai ser lançado em 22 de outubro deste ano. Pokemon X & Y e Hometown Story no mesmo mês para 3DS. O consumidor não tem do que reclamar.

Posted in , | 2 Comments

AquaPazza a capa americana foi divulgada.


Como muitos devem estar sabendo o jogo AquaPazza esta sendo traduzido para o ocidente. A empresa responsável pela tradução é a Atlus Usa, então podem ficar tranquilos em relação a localização do jogo para o ocidente.

Recentemente foi divulgada a capa do jogo em inglês, e pelo que parece a Atlus Usa esta fazendo um bom trabalho na localização do jogo. De acordo com o site oficial, o jogo já pode ser comprado na pré-venda e o mesmo vai ser lançado ainda nesse ano: 19 de novembro.

No site oficial você também pode obter informações dos personagens. AquaPazza é um jogo de luta crossover com personagens da empresa de visual novels "Leaf". Onde é preenchida com personagens da franquia de To Heart 2, Tears to Tiara e Utawarerumono. Pra quem gosta de personagens bishoujo lutando, ou curtiu muito os animes e jogos dessa empresa, pode pegar o jogo que tem tudo para agradar você.

link: http://www.atlus.com/aquapazza/

Posted in , , | Leave a comment

Sonic Boom. O novo desenho do Sonic.


A Sega anunciou recentemente uma nova animação do ouriço azulado que corre a velocidades absurdas. De acordo com a Sega a nova animação vai ser em computação gráfica e vai ter equivalente a 50 episódios com duração de 12 minutos.

A animação vai sair na Cartoon Network americana no próximo ano, ou seja não vai ser uma animação japonesa e o foco da série vai ser focado na comédia.

Então basicamente vai ser uma animação para pegar um novo público de jovens para assim aumentar a fama do mascote e assim vender mais jogos. Então para você que é fã do ouriço azulado pegador o novo desenho parece não ter sido feito pra você.


Apesar que as animações de Sonic nunca foram algo fenomenal, o jogo nunca investiu tanto na história; sempre foi um jogo mais focado em gameplay. Não que isso seja ruim, mas para adaptação como essa fica um pouco complicado.

Mesmo assim quadrinhos americanos do Sonic pela Archie Comics continuam vendendo mesmo depois de 10 anos. Além deles em algumas histórias estarem pegando arcos dos jogos e inserindo dentro do quadrinho.

Sonic Universe se foca bastante nos personagens do jogo, tornando um quadrinho bom de ler. Mas sobre quadrinhos americanos isso é tema pra outra postagem. Gostaria de ver uma nova animação de Sonic feita por japoneses que nem o Sonic X. Mas infelizmente parece que no momento isso está bem distante de acontecer.

Posted in | 1 Comment

Os animes da temporada de outubro 2013 que pretendo ver.


E chega o tão aguardado mês de outubro. Onde para muitos é considerado a melhor época do ano pra quem gosta de acompanhar animes, pelo fato de que nesse período do ano, costumam lançar muitos animes bons e bem produzidos.

Provavelmente isso acontece pelo fato de outubro ser próximo do fim de ano, e como no fim de ano começa as ferias para os estudantes japoneses que começa no final de dezembro ate o inicio de janeiro. Essa é uma época onde os japoneses podem aproveitar para assistir animes, e também como ser a época que eles compram mais, isso ajuda na venda dos blu-rays.

Nesse mês temos boas obras que eu pretendo assistir, então decidi faze uma postagem comentando um pouco sobre essas series. Para alimentar o debate, comente no final da postagem sobre quais animes que você pretende ver nesse mês de outubro.



Pupa

O anime conta a historia de dois irmãos (um menino e uma menina) que vivem sozinhos. Um certo dia sua irmã vê uma borboleta vermelha misteriosa, depois disso o seu corpo sofre uma metamorfose, onde transforma o seu corpo numa forma bestial que nem um monstro.

Mesmo sendo um terror o foco dele é o publico shonen. O desenrolar da aventura é o protagonista tentar descobrir como fazer sua irmã voltar ao normal. O que acho interessante desse anime é que ele tem um feeling bem "Saya no Uta" em termos de terror. Apresenta um designer bem dark, alem de ter bons diálogos e forte exploração no psicológico.



Gingitsune

A historia fala de um espirito de raposa que protege o templo Inari desde o período Edo (1603-1868). A família de Saeki Makoto possui a habilidade de ver espíritos e deuses, porem esse poder é limitado a uma pessoa viva por vez em sua família. Depois que sua mãe morre, a Saeki adquire esse poder, onde ela o usa para ajudar as pessoas.

Estou interessado em ver esse anime por me lembrar um pouco da narrativa de Natsumi Yuujinchou. Só que diferente de Natsumi esse parece ser um pouco mais light em relação ao shoujo, onde o protagonista Natsumi tem muitos problemas pessoais e psicológicos por causa dessa sua capacidade de ver espíritos e deuses.



Coppelion

Esse vai ser um seinen de ação. A historia conta de um colapso que teve numa usina nuclear onde causou uma catástrofe em Tóquio. Pelo pouco que vi nos trailers o plot vai apresentar garotas que usam armas de fogo e tem super poderes.

Pode não ser um anime muito inovador, mas com as boas criticas que venho recebendo do manga desta obra, só fez aumentar minha curiosidade em ver essa serie. Espero ver um bom anime de ação com bons elementos de "Bikini Girls with Machine Guns".



Kill La Kill

Provavelmente esse sera o anime modinha da temporada de outubro. Com um visual bem "retro" a historia tem uma protagonista feminina chamada Ryuuko Matoi, onde ela esta em busca da pessoa que matou o seu pai.

Até agora o anime mostrou algo inovador, a protagonista não vai para escola estudar, vai la para lutar e conseguir pontos de experiencia. E como qualquer bom anime shonen, temos que ter alguns bosses (vilões) para o nosso personagem evoluir, onde os mesmos são os "quatro reis celestiais" que devem fazer parte da primeira saga desta historia.

E como em qualquer anime de lutinha, a nossa heroína tem uma roupa falante que concede um buff que aumenta todos os atributos da personagem, só que como penalidade a heroína fica com menos roupa e ganha doujinshis com mais velocidade na internet. Porém o anime tem aquele visual que eu gosto, apesar que shonen de lutinha que se passa em escola não ser algo que me agrade muito. Apesar que Medaka Box me surpreendeu muito, tanto nos combates quanto nos seus bons diálogos.



BlazBlue: Alter Memory

Pra quem me acompanha, não é nenhuma surpresa ver esse anime na lista dos que pretendo assistir. Afinal é um dos jogos de luta que mais gosto. Ainda tenho certo receio se eles vão adaptar bem o anime, mas já ver o BlazBlue animado já vai ser pelo menos para min, algo bastante aguardado.

Mesmo não apresentando um desenvolvimento bom, mas se apresentar os fanservices que nem foi o Persona 4: The Animation, já vai ser algo bem divertido. Apesar que espero que ele seja um bom anime e que não precise apelar para isso.

A historia se passa em Kagutsushi, onde um rebelde chamado Ragna, que é o protagonista da historia esta em busca da destruição da "biblioteca", onde seria um sistema que controla o mundo. Cada lutador da historia vai apresentando o seu ponto de vista sobre esse mundo, onde isso vai complementando a historia do protagonista e o por quê dele buscar a destruição desse sistema.

Esse são os animes que mais pretendo ver nesse temporada, não que eu não va assistir outros, mas no momento o hype por eles é maior. Na sua opinião, quais os animes você pretende ver nessa temporada e quais você recomenda para acompanhar nessa temporada de outubro?

Leia tambem:

Temporada de Outubro 2013. A temporada perfeita para quem gosta de jogos japoneses.

Posted in , | 7 Comments

Da Capo III. Como anda o processo de tradução.


Como muitos devem saber, o jogo Da Capo III já foi confirmado que vai ser traduzido pela MangaGamer. Faz um certo tempo que foi confirmada a tradução pela empresa, não só a versão all-ages mas tambem a  versão eroge.

Inicialmente o Da Capo III estava sendo traduzido por um fansub, onde depois de um tempo a MangaGamer chegou lá e enviou um email ao fansub pedindo para parar o projeto, onde isso causou uma grande indignação pra quem estava aguardando o jogo em inglês. Como eu tinha dito, a MangaGamer já tinha os direitos autorais da Circus aqui no ocidente, alem de os jogos de Da Capo sempre terem sido lançados no ocidente pela mesma sem grandes atrasos. Porém a raiva foi tanta que teve até gringo falando em inglês, dizendo que eu estava errado.

No final o jogo esta sendo traduzido. Enfim, a MangaGamer anda trazendo muitos jogos para o ocidente recentemente e esta tentando manter uma media de 1 jogo por mês, alem de sempre fazer anuncio de novas parcerias e sobre novos lançamentos. Até o presente momento a MangaGamer não noticiou novidades sobre o processo de tradução sobre os jogos de Da Capo III.


Eu não espero ver um jogo de Da Capo III saindo nesse ano, caso a MangaGamer tenha planos de lançar o jogo ainda nesse ano, tenho grandes esperanças do jogo saindo no final do ano. Mas esse projeto tá com cara que só vai sair em 2014.

Enquanto isso a Circus já tem planos de lançar mais uma expansão de Da Capo III para 2014. O "Da Capo III Platinum Partner" tem tudo pra ser o mesmo jogo, só que com mais extras e mais rotas do jogo original. Coisa que a Circus já tem tendencia de fazer. E a Circus em parceria com a La'cryma estão produzindo uma visual novel chamada Angel Meister. Onde pelo que da para perceber, vão colocar personagens do Da Capo e do fortissimo EXS no mesmo universo.

A visual novel de fortissimo é uma visual novel de ação com elementos bem populares de anime shonen. Não se sabe se vai ser uma visual novel de ação, ou simplesmente mais um romance. Só o tempo dira. Agora só resta aguardar que a MangaGamer traga mais novidades sobre Da Capo III, afinal temos um publico forte aqui no ocidente.

Posted in , | Leave a comment

Necromancer. Visual novel da Nitro+ feita pelo mesmo escritor de Psycho Pass.


Mais um projeto da Nitro+ esta sendo feito, só que desta vez teremos o Gen Urobuchi participando mais uma vez numa visual novel. Muitos conhecem o Gen pelos seus animes, mas poucos conhecem pelos seus trabalhos com a Nitro+, como seu excelente trabalho com a visual novel de terror "Saya no Uta".

Ainda não foi revelada detalhes da trama, mas pelo tom do nome e a maneira que ele esta sendo mostrado, pode ser mais uma obra de terror e suspense de Gen. As historias onde Gen coloca um terror (ou suspense) psicológico costumam apresentar uma boa narrativa e plot na obra.

No momento a Nitro+ tem dois projetos em andamento, o Dogura Q que é do mesmo autor de Dra+Koi e Demonbane. E temos essa "Necromancer". Ambas obras não tem data de lançamento, mas aparentam serem bons jogos.

Necromancer vai sair para PC, e como a Jast Usa tem os direitos da marca Nitro+ no ocidente, existe a possibilidade de termos esse jogo traduzido para o inglês no futuro, principalmente quando o jogo tem um nome de um escritor forte no meio.

Posted in | Leave a comment

Bukkake Ranch. Visual novel com "Monster Girls" entra em pré-venda.


A MangaGamer continua trazendo os jogos da Softhouse-Seal, e desta vez a empresa vai trazer no mês de outubro a visual novel "Cum on! Bukkake Ranch! ~Rear Elementals Into Wet, Horny Girls!~", só o nome já diz tudo o que esse jogo vai apresentar.

A historia de Bukkake Ranch se passa numa fazenda. O nosso protagonista é tem uma fazenda chamada Bukkake Ranch e ele é um cara muito feliz (por que sera?). Os seus dias são tranquilos e suas elementais que são garotas monstro que andam seminuas na fazenda, também estão feliz. Tudo estava indo bem até um certo dia a rainha dos demônios chegar la para pintar o terror.

Visto sua paz ameaçada, chegou a hora do protagonista usar suas habilidades para recuperar o sua fazenda e ter seu merecido final feliz. A visual novel chega no dia 18 de outubro, e já pode ser feita a pré-venda do jogo. Para mais informações acesse o link abaixo (aviso: NSFW).

link: http://www.mangagamer.com/detail.php?goods_type=1&product_code=54

Posted in | 2 Comments

Teaser site misterioso da Atlus. Seria o Persona 5?


Recentemente a Atlus abriu um teaser site misterioso indicando uma data. Onde só será revelado detalhes no dia 24 de novembro deste ano. Muitos estão supondo que seja um novo jogo da franquia Persona, que seria o quinto jogo da série. Outros supõem que seja mais um jogo de Persona 4.

No momento são apenas suposições. Na minha opinião poderia ser um remake de um jogo antigo da franquia para os tempos atuais. Porém se for realmente o Persona 5 o pessimismo das pessoas em relação a Sega vai mudar da noite pro dia.

Essa surpresa é boa, principalmente para a Atlus que passou por uma fase bem difícil. Agora só resta esperar o mês de Novembro e que a Atlus nos separe boas surpresas para o dia 24.

Posted in | 6 Comments