DVD Pirata de Anime. Um mal que ainda existe.



Não é surpresa pra ninguém que, quem consome animes, mangas, filmes e livros costuma baixar os mesmos ilegalmente na internet. Isso não é novidade pra ninguém, principalmente no Brasil onde os impostos são de atochar sem vaselina na carteira no brasileiro. 

Mas não irei falar de politica e muito menos de impostos, mesmo estarmos num ano de votação. O que irei falar aqui é sobre os tal de DVD pirata de Anime, onde é basicamente uma pessoa que baixa ilegalmente e vai piratear os arquivos para obter dinheiro com o mesmo. O mais interessante é o preço que a galera que pratica isso faz. Chega até ser engraçado, enquanto os caras de filme pirata vende os mesmos por 2 reais, os que vendem dvd de anime vende mais de 10 reais, ou seja o cara alem de roubar, quer roubar ainda mais. 

Comecei a escrever essa postagem em relação a uma discussão que vi no twitter da galera otaku que começou a discutir sobre isso. E como em qualquer comunidade nerd (considero "otaku" nerd também) a discussão sempre tende ao lado "pseudo-intelectual", que o povo compra DVD de anime por não ler blog, que quem baixa do punch não pode ser considerado otaku e por ai vai. Como a discussão otaku sempre vai para esse lado "bobo", simplesmente fiz algo mais produtivo: fui jogar Touhou 14, e tentar passar da fase 5 sem perder uma vida (o que tá difícil). Entretanto como em qualquer discussão ou besteira internetica, da para tirar algo de todo esse chorume, onde no fim com os dados que coletei da para se ter uma noção da opinião dos nerds em relação a pirataria de dvd de anime. Alem que isso ainda acontece por aqui, mesmo com a melhora significativa da banda larga. Ou seja, se isso ainda existe nos eventos de anime e em lojas que vendem manga, quer dizer que a parada ainda vende.


A única vez que fui para um evento de anime, foi por causa do convite dos amigos e me arrependi amargamente de ter ido para algo assim. Vi seres bizarros vestidos de desenho, alem de pessoas pedindo abraço (e cobrando um real por isso). Fui  ver uma apresentação esperando adquirir cultura japonesa e o máximo que vi foi caras sem camisa batendo em tambores, e não vi nexo naquilo. O que posso dizer sobre evento de anime é muito pouco, porque é um ambiente que não quero presenciar nunca mais. Porém uma coisa era normal de ver la, onde era a venda de dvd de anime e de manga. E o pior numa mesma barraca.

O que da para perceber nessa pratica, é simplesmente ganhar dinheiro em cima do consumidor de animação japonesa. Principalmente para aqueles que não tem muita informação de como adquirir os animes baixando. Tenho amigos que dizem que não gostam de ver anime pelo computador, e que desejam ver pela TV. Concordo ver anime e filme pelo computador é algo desconfortável. Mas para isso existe os programas como WinAvi, Total Video Convert, FormatFactory que da para converter seus animes e ver pelo DVD com entrada de pendrive. Caso não tenha isso, é só usar ConvertXtoDVD, onde você só precisa jogar os MKVs la que ele faz todo trabalho de converter e juntar a legenda e criar um DVD para ser reconhecido nos DVD-Players atuais sem problemas. E também temos a melhor opção caso você tenha um notebook e uma TV que aceite HDMI, que dispensa todos os outros passos. Mesmo com tudo isso, ainda existe pessoas que compram dvds de anime pirata, onde isso me leva a crer que esse publico que compra tem muita pouca informação a respeito de programas de conversão e sobre a internet.


Isso é um dos fatores, mas também não é a única verdade. Muitas vezes quer comprar e colocar na sua estante de DVD, para poder ver quando quiser. Ele não quer procurar, baixar e encodar para ver quando quiser, ele quer que esteja lá disponível e pronto. Não tem nada de errado nisso, o consumidor tem direito de comprar o que quiser, mesmo que seja pirata; onde cai entre nos, quem vai se importar com dvd pirata de desenho japonês. As pessoas gostam de ter um DVD pronto para elas verem quando quiser e sem ter que passar por processos de download. Isso me fez lembrar de um fansub que eu vi no Haitou (no tempo que era vivo), onde eles faziam .iso de animes completos, onde quando você gravava o .iso no Nero ou em programas de gravação, ele já vinha com menu pronto e bem organizado. Facilitando assim quem queria ter um anime completo num DVD-R para ver quando quiser e sem precisar fazer o processo manualmente.

Porém com a morte do Haitou esse fansub também sumiu. Mas o que difere o fansub do cara que faz DVD pirata para vender? Sabemos que ambos os casos estão errados, afinal ambos estão disponibilizando produto ilegal, só com a diferença que um cobra e o outro só compartilha. Nesse caso a grande diferença é na qualidade do produto. Enquanto um te da uma boa qualidade e de graça, o outro faz um trabalho de conversão fraco e mal feito, além de cobrar um preço abusivo pelo produto, custando quase o mesmo preço de um manga. O que faz a pessoa que consome tal produto, a não ter toda a experiencia do que o anime pode proporcionar ao mesmo.


Os problemas desses produtos são muitos, dentre eles uma legenda mal posicionada, episódios cortados, coloca um dvd com 26 episódios onde diminui muito a qualidade da obra. Onde no fim, quem se prejudica no final é o consumidor, que alem de pagar caro ainda ganha de brinde um produto defeituoso. 

Não vejo essa necessidade de quem compra DVD de anime não pode ser considerado "otaku", onde ate hoje não consigo entender pra que esse orgulho besta por esse rotulo inútil. Mas você tem que estar ciente que comprar esse tipo de produto você vai ser lesado, e vai pagar caro por algo que não vale tudo isso. Se você tem condições, recomendo baixar e procurar um bom programa de conversão e de preferencia comprar um dvd ou blu-ray de entrada para pendrive, você não vai gastar muito e fica bem útil para acompanhar animes e series.

Enfim, acho interessante em ver como essa pirataria de dvd ainda existe mesmo com a popularização dos fansubs pelo Brasil. Mesmo sendo algo ruim, também não deixa de ser uma boa forma de popularizar os animes por aqui. Qual sua opinião em relação a venda de dvd pirata de anime no Brasil? Você acha isso prejudicial a imagem dos animes no Brasil?

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

19 Responses to DVD Pirata de Anime. Um mal que ainda existe.

  1. Metheus says:

    Toda televisão LCD/LED aceita pendrive também , e em algumas marcas, todo o tipo de formato e codec de vídeo. O que faço é baixar (e conferir se é 8bits, porque a minha TV não aceita 10bits), passar para o pendrive e assistir na minha TV. Muito mais simples. Caso às vezes eu tenha algum problema com o codec não aceitar ou não mostrar a legenda incorporada, assisto no PC mesmo.

  2. Sascha says:

    Antes da popularização da banda larga até via um motivo (quer dizer você demorava 1dia interio para baixar um episódio, considerando que a conexão não caísse) hoje está bem melhor. Mas existem casos mais assombrossos como: o anime Vampire princess myu foi lançado legalmente no brasil, dublado em boa qualidade e barato!. e em eventos era comum encontrar cópias piratas, me pergunto "pra quê manos?"

  3. Isso acaba desincentivado qualquer vinda de dvds oficiais pro Brasil~

  4. Lucas C. says:

    Cara pra mim não adianta a opinião que alguém dê, pessoas que compram DVDs piratas de anime são infelizes, não tá ajudando o mercado,o estúdio, a produtora em ABSOLUTAMENTE NADA! E o cara ainda sai perdendo, não existe vantagens nisso, somente pra quem vende. E quem vende é um filhodapu#$ que só fode mais ainda com o mercado.

    É convencional as pessoas procurarem se informar antes de comprar qualquer coisa, meu deus, não existe isso de "não tem informação/não foi informado" Porra!, eu tô puto mesmo, puto por ver que ainda existe gente que cai nisso.

  5. The Fool says:

    Desculpem ,mas assim...tivemos o Boom dos animes nos anos 90 e de lá pra cá a coisa praticamente sumiu.
    Se não fossem os fansubs não teríamos nada.
    E é, na minha opinião, no mínimo inocente achar que empresas daqui estão interessadas em anime.

  6. Realmente DVD pirata é uma coisa muito triste, mas não existe muito o que se fazer quando os estúdios não investem em dublar os animes ou ao menos legendar para venda legal. Não estão muito interessados nesse mercado, por sua vez os canais de televisão também não ajudam com isso não exibindo animes, claro que existe vários animes que são exibidos como os mais populares como Dragon Ball e CDZ, mas se resumi a isso. Animes antigos e é o que? 5 ou 7 animes no máximo? "Não dá pra se considerar otaku se compra DVD pirata", então eu vou comprar um original importado em japonês, sem legenda, e aprender japonês por conta de não comprar DVD pirata por orgulho otaku? Sinceramente? Me poupe! Os fansubs que traduzem mangás e animes fazem um ENORME favor aos fãs que tanto gostam de anime e mangá, não me considero otaku, mas achei isso ridículo. O que eu mais vejo é estúdios de dublagem e editoras desistirem de seus projetos. Muitos mangás tem publicação super atrasada no Brasil, começam a publicar e demorar meses para continuar. Vampire Princess Miyu eu comprei os dois primeiros DVD's, foi o primeiro DVD anime que comprei, adorei, mas como devem saber a dublagem e o interesse para continuar parou no ep 11. Tive que assistir o anime no youtube já que na época eu não tinha conhecido de fansubs, assisti legendado em inglês, quando conheci fansub fiquei super alegre que poderia finalmente assistir o anime completo!
    Não tiro a razão de que os DVD's piratas desincentivam oficiais, mas também é boa parte que "salva" muitos interessados e que não podem desfrutar por conta dessa falta de interesse da indústria brasileira.

  7. Wildcat17 says:

    Ligar o PC à TV por HDMI. Feito.

  8. The Fool says:

    Uma coisa que talvez seja interessante vocês abordarem: iniciativas como o Crunch Roll e mais recentemente o Netflix trazendo animes para seu catálogo online.
    Tem quem diga por aí que o futuro dos animes oficiais no Brasil é esse, o que pode ser bem verdade.

  9. Concordo que pirataria é algo ruim mas as vezes é a unica forma de assistir anime pra quem não tem uma internet rapida o suficiente para ver online ou baixar anime ou mesmo que tenha, não conhece ou sabe usar esse tipo de programa. E até mesmo quem não tem internet, você acha que uma pessoa que vai a lan house vai gastar tenpo e dinheiro procurando programas e sites para baixar animes sem sequer saber por onde comecar?
    Eu acho que quem não tem recursos tanbém tem direito a ver animes.

  10. Pra mim os dois são piratarias, fansubs e venda de dvds. Visto que Crunch Roll e outros streams legalizados estão aí pra isso.

    E já que os dois são, deixa os dois serem felizes, pra alegria geral.

  11. Anônimo says:

    Lá pelo período cretáceo o povo ia nos eventos para lotar as salas de exibição de animes. Lembro que assisti uma exibição do movie do Eva (acho que era o The End) com a sala completamente lotada. Os fansubs tinham que fazer várias exibições por dia porque não entrava mais gente na sala de aula (sem ar-condicionado, diga-se). Pra mim, esse era o principal motivo de ir nesses eventos, ver uma "novidade" (prá nós aqui do Brasil) e já discutir com o cara do lado. Os fansubs suprem a demanda por um produto difícil de conseguir pro povo do anime aqui. Tem milhares de titulos sem tradução para o português ainda. Por isso, os fansubs, tantos os gringos com os daqui, pra mim ainda merecem o maior respeito.

  12. Anônimo says:

    Acho essa uma discussão totalmente idiotada, uma vez que cada um faz o que quer com seu dinheiro. Todo mundo sabe que para baixar qualquer coisa basta googar o nome do seja lá o que for e voilá, mas nem todo mundo quer ter o trabalho de ficar baixando cansativamente vários episódios de um anime ou seriado ou seja lá o que for nessa época em que os malditos protetores de links evoluem mais rápido que os desprotetores do mesmo, propagandas sem fim inundam sua tela, capchas do inferno nos obrigam a digitar fórmulas matemáticas e sabe se lá o que ainda não conheço. Pra depois de tudo, ter que procurar programas de conversão cujo crack funcione e que vai devorar a memória do seu pc por horas... Afff...

  13. Roberta says:

    Discussão desnecessário mesmo. Eu por exemplo curto muito animes e curto colecionar, ter na estante , mas não sou idiota, sei muita coisa sobre áudio e vídeo, sei converter e faço quando assim desejo. Tenho TV de LED aqui em casa de 47 P, e é só baixar em mkv, mp4, e mais alguns formatos que a minha TV aceita de boa, com ótima imagem.

    No entanto como disse compro sim muitos animes, mas somente de 2 fornecedores em quem confio. Eles não vendem com mais que 8 episódios por mídia, colocam encartes, contra capas, usam Box originais Amrays ou da marca Videolar, ou seja os animes ficam muito bonitos e com uma imagem impecável, mas é lógico que isso é raro, a maioria dos vendedores querem mesmo é ganhar grana em cima dos incultos. Vejo pela net uma enxurrada de lojas virtuais que vendem animes, e de forma sem qualidade.

    Eu compro de 2 colecionadores que nem vivem disso, fazem por prazer, é um círculo fechado de pessoas que compram, tem um que monta até mesmo as Caixas Box que protegem as capinhas, tudo muito bonito e idêntico aos originais, comprei uma Caixa Box da coleção dos CDZ por exemplo, que está mais bonita e mais bem montada que as da Playarte. Mas como disse, é raro isso.

    Por isso que compro , mas como disse sei dosar a situação, agora entendo também a situação de quem não dispõe de Internet e nem de informações sobre o tema, ai tem que recorrer aos vendedores de qualquer nipe.

  14. Anônimo says:

    Nenhum produtora, como por exemplo a Funimation tem um minimo de vontade de entrar com o seu mercado de animes em dvd ou bd no Brasil, e não é por causa da pirataria, é por causa do mercado e dos impostos, ou vcs acham que os preços dos animes em dvd originais seriam mais baixos se não houvesse pirataria.. me poupe! Quem pagaria 50,00 ou 60,00 em um dvd original com 5 episódios, fora os 40% de impostos a empresa ainda teria que ter uma boa margem de lucro para cobrir o investimento na entrada do mercado brasileiro, imagina vocÊ tendo que desembolsar mais de 6.000,00 para ter uma serie como One Piece até o ep mais recente em dvd original...kkk. Só pra finalizar a venda de animes em dvd na internet é livre porque não tem nenhuma parte reclamante e digo mais, para os estúdios japoneses que produzem os animes, eles mais aprovam do que desaprovam esse "mercado" de animes aqui no Brasil, pois é a única forma de divulgação do trabalho deles por aqui, não só do trabalho, mas da cultura japonesa e de aberturas de outros mercados, como merchandising, brinquedos, mangás, cards, eventos com as bandas japonesas e outros produtos ai sim licenciados. Anime no Japão é de graça, passa na tv (ual) o lucro dos estúdios com direitos televisivos é mínimo, funciona mais como divulgação para ganhar na venda de produtos secundários. Ou vcs acham que o mercado de mangás (que hoje esta igual a das HQs e crescendo a cada ano) seria tão promissor se não fosse a distribuição "ilegal" pela internet. Uma coisa é certa, se pra eles isso é mas vantagem do que desvantagem, não é o governo brasileiro que vai proibir isso.

  15. Beatriz says:

    Eu não costumo comprar animes pela internet, mas quando compro, eu compro de uma loja que vende os animes em blu ray, a qualidade é hd ou fullhd e muitos já com multi liguagem, como opções de audio dublado ou legendado e o trabalho deles por vezes até mais bonito que os originais, como por exemplo O Meu Vizinho Totoro, lançado recente mente em blu ray no brasil, nem se quer tem o audio dublado, coisa que no dessa loja tem, só por isso eu compro pela qualidade e das opções. Caso contrario eu baixo e vejo no PC ou na TV mesmo. Não vejo que seja algo errado, afinal de contas não tem muitos dvds originais e os que tem são muito caros e a qualidade também não é lá essas coisas.

  16. Anônimo says:

    Matéria preconceituosa. Olha o país em que estamos onde até a presidenta era ex assaltante de bancos. E daí me vem com hipocrisia. Tem milhares de pessoas que não podem acompanhar pela net e compram, que mal tem ?

    A questão de ter vendedores honestos e desonetos é irrelevante pois gente assim tem em tudo que é lugar. Cabe as pessoas que irão comprar os animes, escolher bem, onde comprar os dvds autorados.

  17. Anônimo says:

    Compra quem quer. E procure se informar sobre o termo "pirataria" jovenzinho. Já que praticamente 99% dos animes não tem dvd lançado oficialmente no Brasil (e nem vão ter), não caracteriza pirataria, pois pirataria é cópia de algo que já existe (e aqui no Brasil não tem qse nenhum dvd oficial). Banda larga com facil acesso? Só nas captais e regiao metropolitana. Nos 70% das cidades restantes, a velocidade da internet é precária. Considere também que para ter um anime de qualidade, os arquivos tem em média 400mb. Para quem é fan e quer ter varios animes no pc, vc precisaria de mtos terabytes de hd (olha ai o investimento que vai ter que fazer). Fora que para vir algo oficial pra ca, tem milhoes de % de impostos nessa merda de pais, entao, eu COMPRO sim. Considero seu texto como sua opnião, e não como a verdade, e respeito seu pensamento. Mas EU, compro e sempre irei comprar. Existem sim lojas que fazem isso por prazer, e não para furar o olho de qm compra. Já tentou criar um dvd de anime? Sabe do trabalho que da para fazer uma única unidade com qualidade? Criar uma capa de qualidade no photoshop(ou outro programa)? Criar um menu descente? Experimenta criar tudo isso pra uma serie como one piece, ve o tempo que vai gastar e me diz se no final vai cobrar só 2 reais. Os custos com tinta, papel de qualidade, box , midia etc, passam de 2 reais por copia facil. Fora a impressora que imprime em dvd q n sai por menos de R$1000. Informe-se primeiro antes de sair vomitando sua opniao pela net.

  18. Opinião totalmente furada...a última pessoa que escreveu falou tudo. Os custos para se fazer um DVD de anime são muito altos, e fora que se você for depender do seu salário para viver no Brasil, você está condenado.

    Muitas pessoas vendem DVD de anime ou demais tipos para sobreviver, pois não se encontram no mercado de trabalho que a cada ano se torna mais impiedoso.

  19. igor Almeida says:

    Poha perdi uns 5 minutos lendo essa merda toda! Sei que estão indignados com pirataria, mais ah se querem mudar essa realidade se tornem vereadores , senadores ou o carai que seja e mude a politica tributária do Brasil. O cara foi num evento de anime que foi ruim grande coisa se informe melhor vai em um evento que preste e comente coisas boas, falar que foi ruim é muito fácil, eu realmente tentei tirar algo de bom deste post, mais só achei informações desnecessárias. o Brasil tá em crise ta todo mundo tentando arrumar uma forma de ganhar dinheiro. Se eles estão fazendo isso vc só não precisa consumir.

Leave a Reply