Touhou 14: Double Dealing Character. Jogar de cabeça pra baixo é difícil.


A franquia Touhou que desde 1996 nos apresenta jogos que beiram ao absurdo de dificuldade, apresentou no em agosto dp ano passado o seu mais recente jogo: Touhou Double Dealing Character. Onde esse seria o decimo quarto jogo oficial da franquia.  Assim como em qualquer bom jogo da serie Touhou, ele é um bullet hell, ou seja, você vai ser bombardeado por uma quantidade absurda de tiros (magias) que vão aparecer na tela, onde vai exigir bastante habilidade do jogador para sobreviver.

Uma das coisas bacanas no novo jogo, são as novas armas das personagens que você pode jogar; Reimu, Marisa e Sakuya. Quando você escolher a personagem, você pode escolher a nova arma do jogo, ou selecionar a arma normal do jogo anterior (Touhou 13: Ten Desires). A nova arma da Reimu você vai lançar um tipo de foice flamejante (seguidora) no inimigo. Inicialmente é uma arma um pouco difícil de dominar no inicio, mas é bem útil contra bosses.

A arma da Marisa ela usa uma magia que funciona como lança chamas, que tira bastante dano do inimigo. Mas assim como os outros jogos ela não tem tiros que seguem o adversário. No caso da Sakuya é uma boa personagem para começar o jogo, primeiramente por seus tiros acertarem quase toda a tela, alem que apertar o botão de "Slow" faz ela lançar adagas que automaticamente apontam e acertam o inimigo com precisão.

O interessante da Sakuya é o seu "bomb", onde ela cria um campo de força que deixa o seu personagem imune a tiros por alguns segundos, e caso seja atingido a magia ativa e todos os tiros que estão na tela desaparecem. Ou seja, essa magia da Sakuya é perfeita para você ficar invencível por alguns segundos, onde você pode treinar em desviar dos tiros e assim com outros personagens você obter as "spell cards" com mais facilidade.

Assim como no Touhou 12 e 13, você tem bombas e pode adquirir vidas e bombas com os corações e estrelas verdes. A diferença é que no Touhou 14 é muito mais fácil você adquirir esses bônus. Quando a tela estiver com uma quantidade boa de itens, se direcione ao topo da tela que todos os itens vão para você. Caso apareça a palavra "bônus", vai aparecer um coração ou uma estrela para você pegar. Caso consiga 3 corações você ganha uma vida, caso pegue 8 estrelas você adquire uma bomba.


Falando em gameplay, o jogo não apresenta nenhuma função nova, em relação ao Touhou 13 onde você tinha o Trance (dá 8 segundos de invencibilidade) e as naves voadoras do Touhou 12. Deixando assim Touhou 14, com o gameplay que estamos habituados dos primeiros Touhous, o que achei algo muito bem valido. Porém assim como qualquer jogo de Touhou, é apresentado um estilo de jogabilidade e desafio que faz cada jogo ser único.

E o que da para perceber logo de cara, são os bosses desse jogo serem bem diferentes do padrão. Tem varias personagens que pegam referencias a mitologias bem distantes da mitologia japonesa. Tem um boss que é uma sereia, onde sereias fazem parte da mitologia Grega. É algo tão diferente do padrão das personagens do ZUN, que o jogador vai reparar logo de cara a nova personagem.

E não deixando de surpreender, logo na segunda fase temos um Dullahan, onde é da mitologia irlandesa. E em seguida temos uma lobisomem e assim vai. Não só sendo apenas no visual, mas também no tipo de tiros que esses chefes vão lançando contra você, que se assemelham a sua origem mitológica. Mas o boss que deve ter dado mais dor de cabeça a maioria dos jogadores é a boss da fase 5. Onde a personagem ela faz a tela inverter. Fazendo assim os botões e posições do personagem trocarem. Quando você tocar na esquerda ela vao para a direita, e quando tocar na direita ela vai para esquerda. Até chegar o ponto de deixar o seu personagem de cabeça pra baixo


De fato a grande maioria reclama desse boss, mas graças a isso tornou essa personagem uma das mais populares do jogo graças a esse desafio. Com todos esse elementos, o novo jogo de Touhou tem tudo para agradar tanto quem tá começando a jogar Touhou agora, quanto quem já é jogador de Touhou veterano. E como em qualquer jogo de Touhou, jogar sem musica não tem graça. Principalmente nesse novo jogo, onde a trilha sonora ficou impecável; a grande maioria das musicas são boas de escutar (opinião própria).

Sou um grande fã de jogos desse estilo, então Touhou ser uma das minhas franquias favoritas é algo bem normal de ocorrer.  Pretendo fazer mais postagens sobre Touhou no futuro, afinal postagens sobre Touhou nunca é demais. E para jogos desse tipo eu sempre recomendo você comprar um joystique USB para o seu computador. A experiencia de jogar num Joystique é algo que complementa toda a diversão de se jogar Touhou ou qualquer jogo de shotting game num PC.

Se você joga no teclado, isso vai deixar a experiencia do jogo cansativa e até chata de se apreciar. Principalmente se você quer jogar em Fullscreen. Enfim, caso você não conheça Touhou e queira experimentar o jogo pode jogar essa versão sem problemas. Porém se você não curte esse tipo de jogo, recomendo que nem comece a jogar.

This entry was posted in ,,. Bookmark the permalink.

Leave a Reply